A Lenda do Cavaleiro do Sol V1C4: “A habilidade de se recuperar deve ser mais do que boa”

A Lenda do Cavaleiro do Sol Volume 1: Uma introdução à Teoria dos Cavaleiros

Novela original em chinês por: 御我 (Yu Wo)

——————————————————————————————–

Quarta Regra dos Cavaleiros do Sol: “ A Habilidade de Se Recuperar Deve Ser Mais do que Boa ” — Revisado

Como resultado de perder uma rua inteira de sangue, meus três dias de férias foram com sucesso entendidos para uma semana. Eu escutei que inicialmente Folha estava até tentando estendê-los para um mês. Infelizmente, Sua Santidade o Papa parecia ter uma missão para eu tomar conta, então a tentativa falhou. Sigh!1 Folha, você realmente é um cara legal!

1- “Sigh!” – Por alguma razão que nós não entendemos completamente, muitas palavras em inglês parecem onomatopeias. Por exemplo, “scratch” significar “arranhar”, ou “arranhão”, e também parece o barulho de um arranhão. “Sigh” significa “suspiro”, mas nos casos que as palavras estiverem sendo usadas como onomatopeias, vamos mantê-las em inglês.

Eu coloquei leite azedo em uma vasilha cheia de gosma de farinha com uma mão e misturei a gosma usando a bainha da Divina Espada do Sol. Eu realmente devo dizer que a bainha da Divina Espada do Sol é cheia de usos surpreendentes. Como a bainha é quase completamente feita de ouro, é garantido que não enferrujará, não importando se for usada para misturar máscaras corporais ou mexer meu vinho de maçã.

Não apenas a bainha não ficaria suja após mistura como ela ainda ficaria mais brilhante do que se você a limpasse com um pano!

Hmm, parece que a máscara corporal está quase pronta. Eu já devo conseguir me ensaboar com ela. Após lutar por tanto tempo ontem, além do fato de que eu desmaiei por grande perda de sangue, eu não consegui aplicar a máscara corporal a tempo noite passada. Quando eu acordei essa manhã e dei uma olhada no espelho, quase desmaiei; minha pele tinha trocado da cor de leite azedo para a cor de mel!

Meu deus! Parece que eu não conseguirei recuperar minha pele clara se eu não aplicar a máscara a semana inteira.

“S-Sol! O quê você está fazendo?” O Cavaleiro da Folha tinha aberto a porta de meu quarto com um empurrão e do nada estava boquiaberto e de olhos arregalados.

Eu terminei de misturar a máscara corporal e estou prestes a me ensaboar com ela…  Eu fiquei pensando com uma gosma da máscara corporal em uma mão.

Merda! Eu esqueci de trancar a porta. De todas as vezes que Folha esquece de bater na porta, tinha que ser essa?!

Está tudo bem, está tudo bem! Eu estava apenas indo me ensaboar com a máscara; eu ainda não a apliquei. Caso contrário, se Folha me visse quando estou parecendo uma criatura morta-viva em decomposição, seria bem possível que ele me arrastasse para meu bom amigo Cavaleiro do Julgamento, que então me interrogaria para ver se fui possuído por um espírito maligno.

“Para que você está se levantando? Após perder tanto sangue ontem, você devia ficar na cama e descansar!”

Folha rapidamente me forçou a deitar com uma mão, e então me cobriu com um cobertor.

Eu revirei os olhos. Ei, ei! Ainda tem uma gosma da máscara corporal em minha mão, você sabe?!

“Sol, para que você está segurando essa massa de farinha?” Tendo me coberto com o cobertor, Folha estava olhando confuso para minha mão direita, que estava estendida para longe do cobertor.

Folha encarou atenciosamente a máscara por um tempo (apesar de que parecia que ele estava viajando em pensamentos), então virou para olhar para mim com um sorriso. “Eu entendi. Você está com fome, não está?”

…Como diabos ele chegou nessa conclusão? Por acaso essa gosma de farinha crua parece comestível para você?

“Você vai ficar doente se comer esse tipo de coisa.”

Folha me deu um olhar um tanto repreensivo e removeu a máscara corporal de minha mão direita, jogou de volta na vasilha em que eu a misturei, e então pegou a vasilha. Enquanto andava até a porta, ele olhou sobre seus ombros com um sorriso e disse, “Eu vou pegar algo na cozinha para você comer.”

Ei, ei! Eu não tenho nada contra você me ajudar a pegar algo para comer, mas onde você está levando a minha mistura de máscara corporal?

Essa vasilha de máscara corporal custou o equivalente a cinco dias do meu salário. Eu planejo fazer com que dure a semana inteira!

Folha marchava para a porta abriu-a bruscamente, apenas para imediatamente ficar chocado com a pessoa que estava em pé do outro lado. A vasilha escorregou de suas mãos e começou a cair…

Minha máscara corporal que custou cinco dias de meu salário! Eu pulei da cama, mas eu não conseguiria chegar a tempo de resgatar meu salário…

Thump!

A pessoa em pé do outro lado da porta calmamente pegou meu salário esticando sua mão. Este ser lembrava uma sinistra e escura nuvem, e não apenas por seu cabelo, seus olhos e sua roupa preta, até mesmo a atmosfera ao seu redor parecia ser escura e desolada. Essa pessoa não é ninguém além daquele que deixa medo no coração de todos que o vêm, alguém que até fantasmas fogem ao ver: o Cavaleiro do Julgamento.

“Cavaleiro-Capitão Julgamento, posso te perguntar se tem algum assunto a tratar aqui?” O Cavaleiro da Folha perguntou cautelosamente.

Eu quase esqueci de mencionar, o Cavaleiro do Julgamento é meu “melhor amigo que não é meu amigo”, algo que apenas nós dois sabemos. Na aparência nossa relação ainda é como água e fogo.

Além disso, parece que dentre os membros da facção “bons e generosos” e da “cruéis e insensíveis”, nossa relação é excepcionalmente boa; todos os outros cavaleiros realmente vêm a facção oposta com desgosto. Claramente, o doutrinamento pela igreja durante nossa infância foi um grande sucesso.

O rosto de Julgamento estava sem expressão, sua aura imponente mesmo sem ele fazer nada. Com sua voz unicamente profunda – que já assustou só os céus sabem quantos criminosos até a morte – ele falou, “Eu estou aqui para entregar as instruções do Papa sobre missão.”

Não tem como um cara legal como o Folha possivelmente ganhar contra a aura do Cavaleiro do Julgamento, então ele virou e me deu um sorriso preocupado. “Sol…”

Ter saltado repentinamente de minha cama fez com que me sentisse um pouco tonto, então eu devagar e graciosamente sentei em minha cama e falei, “Sir Folha, já que é uma missão de Sua Santidade, o Papa, Sol deve ouvir atentamente.”

“Mas você está gravemente ferido; você deve descansar,” Folha falou, preocupado.

“Por favor não se preocupe, Sir Folha. Sol tem a proteção do Deus da Luz.”

Se você me forçar a abrir a boca mais uma droga de vez, eu vou desmaiar na sua frente!

“Então…tudo bem.” Folha saiu de meu quarto impotente, fechando a porta atrás de si.

Julgamento trancou a porta consideradamente, para prevenir que outra pessoa entrasse em meu quarto sem bater.

Julgamento sentou e colocou no chão minha vasilha de máscara corporal. Sem perder tempo com banalidades, ele foi direto ao ponto. “O Papa está levando o incidente muito seriamente. Ele quer que você descubra a origem do Cavaleiro da Morte em uma semana – e faça isso em segredo.”

Eu sabia que aquele maldito velho miserável não seria bom o bastante para me dar uma semana de folga!

“Sol não entende; que missão poderia ser para que não possa ser colocada sob o esplendor do Deus da Luz?” Me senti extremamente desentusiasmado; missões como essa que requerem buscas secretas geralmente são ninhos de vespa.

“Eu não sei,” Julgamento respondeu brevemente.

“Mesmo sendo um Cavaleiro da Morte, isso não deveria requerer tanta atenção como a Sua Santidade o Papa está colocando, então porque ele tem de mandar especificamente Sol para investigar?”

Eu estava realmente incomodado. Mesmo que aquele maldito velho saiba bem como explorar os cavaleiros, e que minha habilidade de recuperação é mais do que simplesmente boa, dessa vez eu sangrei mesmo o equivalente a uma rua inteira de sangue. Se ele não deixar eu me recuperar por três dias, eu acho que seria impossível que eu me recupere ao meu estado original. Se o caso é realmente tão urgente, porque ele não pega outro cavaleiro sagrado para investigar?

“O Papa não quer saber os resultados da investigação. Após você ter descoberto a verdade, me contar vai ser o suficiente.” Enquanto o Cavaleiro do Julgamento falava, seus olhos estavam severos, mas essa severidade não era direcionada a mim, mas ao criminoso.

Oh… Ele quer que o Cavaleiro do Sol investigue secretamente, e então que o Cavaleiro do Julgamento se livre do criminoso clandestinamente? Parece que esse caso não é apenas um assunto ordinário.

Se eu apenas falar desse jeito, eu acredito que provavelmente ninguém conseguiria entender as palavras secretas que estavam sendo trocadas entre eu e Julgamento, então é melhor que eu explique de novo em detalhes.

——————————————-

Primeiro, nós começamos com a explicação do nascimento de um Cavaleiro da Morte. Para dar origem a um Cavaleiro da Morte, bem, não é que eu queira reclamar, mas é um processo extremamente difícil. Primeiro você deve preparar duas “necessidades” para dar a luz a ele, como também um tipo de “comida” para deixar o Cavaleiro da Morte infante ficar mais poderoso enquanto cresce.

A primeira necessidade é: um necromante de alto nível.

Mesmo não sendo considerado algo difícil de achar, não é fácil. Afinal, necromantes não são uma escolha de carreira popular. Em adição, essa ocupação vem com graves preconceito, fazendo com que necromantes possam morar apenas em montanhas desoladas, cemitérios e coisas do tipo.

A segunda necessidade é: um cadáver fresco com uma aura de rancor que chega aos céus, e ainda tem um desejo a completar.

A dificuldade de achar tal cadáver é ainda maior que a de encontrar um necromante.

Talvez você diga, qual a dificuldade de achar um cadáver com rancor?

Eu tenho que te dizer no entanto, que não pode ser apenas uma pequena reclamação, um pequeno ressentimento por não ter seu desejo de se encher de comida antes de morrer realizado. Para criar um Cavaleiro da Morte, tem que ser uma injustiça tão grande quanto o céu e uma obsessão que pode reviver os mortos!

E a única comida que pode fazer que o Cavaleiro da Morte “infante” ficar forte é: “Obsessão que não pode ser satisfeita”!

Quanto mais difícil é para o Cavaleiro da Morte satisfazê-la, mais ódio ele sente. Ódio atua como comida, e vai deixar que o Cavaleiro da Morte infante cresça até ficar inteligente e forte. Quando seu ódio e obsessão atingem o céu, ele evolui para um “Senhor da Morte”, e então o caso fica de fato muito sério.

Não importa quão poderoso um Cavaleiro da Morte é, ele ainda é apenas um. No entanto, um Senhor da Morte tem o poder de um necromante de alto nível. Ele não apenas pode conjurar um exército de mortos-vivos, como também usar muitos tipos de magias diferentes para auxiliar seu exército.

Em outras palavras, nunca deixe que um Senhor da Morte nasça, caso contrário teríamos uma assustadora catástrofe.

Depois de falar sobre o nascimento de um Cavaleiro da Morte, está na hora de falar sobre como aniquilar um Cavaleiro da Morte. O jeito mais simples é usar força e destruí-lo, e então usar fogo e queimá-lo completamente, e todos os problemas estão resolvidos!

O segundo jeito é investigar qual era a obsessão do Cavaleiro da Morte e a injustiça que lhe foi feita, e ajudá-lo a ter sua vingança. Após ter acabado com sua obsessão, ele vai ascender aos céus por si mesmo.

Apesar do segundo método soar muito mais condizente com a justiça e a moral, todo mundo ainda tem a tendência de imediatamente destruí-lo, porque é muito mais fácil.

“Porque Sua Santidade, o Papa, está tão preocupado com este Cavaleiro da Morte?”

Eu estava extremamente curioso, pois apesar daquele velho maldito ainda ter uma consciência, depois de ocupar a alta posição de Papa por tanto tempo, eu acredito que pouco resta dessa consciência. Dessa vez, ele realmente quer que eu especificamente investigue a injustiça do Cavaleiro da Morte, o fato que faria até mesmo o Deus da Luz gritar ‘Inacreditável’!

Julgamento olhou para mim um pouco estranho, e falou devagar, “Eu ouvi que as únicas palavras que o Cavaleiro da Morte falou foram que ele voltaria para te achar…?”

Eu acenei com a cabeça. É, isso mesmo! Ele falou que ia voltar para me encontrar… maldição, agora eu entendo!

Geralmente a única pessoa que o Cavaleiro da Morte importunaria seria a relacionada com seu ódio ou obsessão…

“Eu estou sob suspeita?” Eu falei atordoado, e até esqueci de adicionar frases decorativas e louvar o Deus da Luz.

O Cavaleiro do Julgamento acenou com a cabeça, com uma expressão solene.

Com a cabeça inteira coberta de suor frio, eu clarifiquei, “Eu não o matei, eu nem o conheço!”

Julgamento acenou com a cabeça de novo e deixou para trás algumas palavras. “Então descubra a verdade e prove a sua inocência. Mas você tem que se mover rápido, já que todos estão começando a suspeitar.”

———————————–

Eu senti que se eu fosse morrer agora, teria uma chance de 99% de eu me tornar um Cavaleiro da Morte. Minha mágoa é tão funda quanto o oceano!

Primeiro, o Cavaleiro da Morte me golpeou por motivos desconhecidos, e meu sangue foi derramado por uma rua inteira. Então eu pensei que tinha ganhado uma semana de férias, apenas para descobrir que essa semana vai ser para eu investigar este caso. Além disso, o maior suspeito deste caso sou eu mesmo!

Eu originalmente queria aplicar minha máscara corporal, deitar na minha por três dias inteiros, e depois levantar para as férias. No entanto, agora que estou sendo tratado como suspeito, como eu poderia ousar continuar na cama?

Assim que Julgamento saiu, eu levantei trêmulo. Tinha apenas uma semana, e investigar a verdade já é uma tarefa muito difícil. Sem mencionar que este caso é relacionado ao Cavaleiro da Morte, e quem sabe há quanto tempo aquele Cavaleiro da Morte está morto!

Então, mesmo que eu me sentisse como se fosse desmaiar a qualquer momento, eu ainda rastejei com todas as minhas forças para investigar o caso. Se eu morrer por causa disso, eu definitivamente me tornarei um Cavaleiro da Morte, e então procurarei por aquele Cavaleiro da Morte por vingança! Eu coloquei minha capa, e peguei a autêntica Divina Espada do Sol. Quem sabe quando o Cavaleiro da Morte vai voltar para me achar. Melhor levar a Divina Espada do Sol comigo por segurança.

Inicialmente, eu queria pegar um cavalo para andar. Mas, após pensar de novo, eu lembrei que eu na verdade tenho uma séria insuficiência de sangue em meu corpo, e já estava tonto, e se eu fosse montar em um cavalo e balançar para os lados, eu poderia imediatamente cair das castas do cavalo e morrer.

Eu acho que posso simplesmente andar. Vamos esperar que eu não desmaie no meio do caminho.

Para evitar problemas, eu puxei o capuz de minha capa bem para baixo, não querendo ser reconhecido pelas massas de pessoas. Então eu me movi devagar, e às vezes tinham pessoas me circulando pelos lados para passar e rolando os olhos como se fossem dizer, “Você é uma tartaruga rastejando?”

O atual eu, com pressão sanguínea severamente baixa, era preguiçoso demais para ligar para as pessoas e continuei andando do meu estilo tartaruga. Enquanto andava, a rua ficava mais e  mais deserta. O cenário em volta foi de grandes pilhas de lojas ricas e cheias, para casas residenciais precárias. O número de pessoas congestionando a rua também diminuiu gradualmente, e só sobraram algumas duplas e trios. Suas expressões eram vagas, como se não tivessem ideia de onde ir.

“Yoooo! Que bela capa! Jovem Mestre, você não consegue encontrar onde sua enfermeira está?” Alguns bêbados deitados no canto da estrada riram em um tom zombador.

Eu continuei andando, passando pelos bêbados. Mesmo meus passos mantiveram a mesma velocidade lenta. Finalmente, eu andei para um canto escuro que nem mesmo os cidadãos dessa rua precária entrariam, e parei em frente a uma casa arruinada na qual nenhum ser vivo permaneceria. Então eu levantei minha cabeça devagar para olhar para essa casa.

Thump!

Eu chutei a porta principal abaixo com um pé e entrei apressadamente na casa, gritando com fúria, “Cadáver! Se mostre! Estou com problemas por culpa sua!”

Dentro da casa, tinha apenas algumas mesas e cadeiras derrubadas apodrecendo. Havia também teias de aranha espessas cobrindo os móveis. Se alguém fosse invadir essa casa ousadamente, eles definitivamente ficariam emaranhados de teias imediatamente e virariam gigantes casulos de bichos da seda.

Por causa disso, nem mesmo um cachorro de rua viveria em um lugar desses.

No entanto, eu sei que essa é apenas a aparência que os necromantes usam para evitar pessoas que seriam preconceituosas.

“Cadáver! Você não vai se mostrar, huh?” Eu devagar estendi a mão de debaixo da capa, e então a branca e elegante — Maldição! É uma mão cor de mel!

Sob! Eu virei um Cavaleiro do Sol cor de mel!

Isso não importa, vamos achar Cadáver antes de me preocupar com isso. Mesmo sem recitar nenhum encantamento, minhas mãos começaram a brilhar com a luz de magia sagrada. A luz passou de fraca a forte, e finalmente a branca e gentil luz preencheu toda a casa arruinada.

Não que eu queria me gabar por isso, mas conseguir juntar tanta luz sagrada sem recitar encantamentos é algo que poucos conseguem fazer. Mesmo entre os clérigos altamente qualificados, incluindo os cardiais do Papa, tem apenas um punhado de pessoas que podem fazer isso.

Quando meu professor me ensinava magia, ele costumava falar, surpreso, “Criança, você é realmente um clérigo naturalmente privilegiado.”

“Sério?” O jovem eu estava extremamente feliz, naquele tempo eu estava chateado por causa da minha trágica habilidade com a espada.

“Sim, se você tivesse entrado primeiro no Santuário da Luz, então no futuro você definitivamente teria virado um dos melhores Papas da história do Santuário da Luz!”

Com olhos brilhando, eu imaginei a honra e gloria do melhor Papa…

“Mas já que você inicialmente entrou no Templo Sagrado, então você pode apenas ser um Cavaleiro do Sol fraco no futuro.”

Como esperado, mulheres têm medo de se casarem com o homem errado, e homens têm medo de entrar a profissão errada. Um momento de escolher a carreira errada realmente me tornou do mais forte para o mais fraco. Eu me arrependo amargamente dessa decisão. Crianças são tolas, e sempre pensam que cavaleiros carregando espada e usando armadura são legais.

Agora que eu sei que ser um clérigo é realmente a melhor escolha de carreira!

Como eles não tem que carregar uma espada, eles não tem que gastar dinheiro reparando uma. Eles até requerem dinheiro para comprar cajados, mas julgando pela minha habilidade de juntar luz sagrada, eu estaria bem até mesmo com um graveto de árvore!

Além disso, clérigos não têm que usar armadura, então eles não têm que comprar armadura, e também não precisam gastar dinheiro reparando elas quando o inimigo a corta pedaços. Mesmo que clérigos ainda precisem comprar túnicas clericais, eu repito, julgando pela minha habilidade de juntar luz sagrada, eu estaria bem até mesmo com uma cortina branca enrolada em meu corpo!

Os céus me deram um potencial de clérigo tão grande, mesmo assim eu fui virar um cavaleiro, além disso era uma profissão que não se pode arrepender, não se pode trocar, e pode apenas continuar a ser um até o dia que você se aposente ou morra: o Cavaleiro do Sol… Mesmo eu quero me xingar por ter sido um idiota!

Ah… arrependimento…

“Sol, Sol!” Os gritos agudos interromperam meu remorso.

Eu virei a cabeça bruscamente, e vi uma que uma pequena e embaçada sombra estava fugindo para todas as direções, e gritando meu nome como se a vida dependesse disso. Vendo a situação, eu juntei de volta toda a luz sagrada com um som de ‘whoosh’.

“Sob! Como isso dói!” A pequena sombra agachou no canto e chorava continuamente.

A casa inteira já tinha mudado, já que minha luz sagrada apagou a magia de ilusão do necromante. A cena de uma casa cheia de teias tinha desaparecido, e foi substituída por uma pequena casa arrumada, só que…

Rosa, rosa, era rosa em todo lugar!

Que loucura! Esse lugar realmente não precisa de uma magia de ilusão para cobrir o fato de que um necromante mora aqui.

Quem acreditaria que essa casa que tem paredes cor-de-rosa, mesas e cadeiras cor-de-rosa, cama cor-de-rosa, e até mesmo bonecas cor-de-rosa enchendo a casa inteira, é realmente a residência de um necromante?

Mesmo a casa arruinada e cheia de teias de antes parece mais com um lugar em que um necromante moraria!

“Sol…” A pequena sombra timidamente puxava minha capa.

Eu abaixei minha cabeça para olhar — Isso mesmo! Eu abaixei minha cabeça, já que a altura desse indivíduo chegava apenas em minha cintura! — A necromante. Eu a encarava com uma expressão séria e feroz.

A pequena sombra agachou e começou a soluçar suavemente devido ao meu olhar. “Porque você está chorando? Você é uma necromante!” Eu encarei a pequena sombra sem acreditar, e rosnei, “Além disso, a pessoa que devia chorar sou eu. Eu não apenas fui cortado e perdi uma rua inteira de sangue, como eu também estou sob suspeita de todos de ter feito algo intolerável pelos céus, e por isso um Cavaleiro da Morte veio me importunar.”

“Pode ser que você realmente tenha feito…” A pequena sombra falou suavemente.

“OOOO QUEE VOCÊÊÊ FALOOOOUUUU?”

Eu fumeguei com raiva entre dentes cerrados, olhando para a pequena sombra, e devagar a levantei…

————————————-

Em uma casa onde as paredes são cor-de-rosa, o chão é cor-de-rosa, e a cama no canto também é cor-de-rosa, um gracioso homem com pele cor de mel sentava em uma cadeira cor-de-rosa. Sentada em seus joelhos tinha uma encantadora pequena garota que parecida delicada e refinada, com lindos e brilhantes olhos cheios de espírito e cabelos dourados e encaracolados. Ela parecia tão fofa quanto uma boneca.

No entanto, em uma inspeção mais próxima, a pele dessa garota era realmente cor-de-rosa também, o que faz as pessoas de repente perceberem que tem algo estranho sobre ela, e arrepios silenciosamente sobem por suas costas…

“Então você está dizendo, Cadáver, que você também não sabe de onde aquele corpo morto veio?” Eu juntei minhas sobrancelhas.

“Você é mal! Não me chame de Cadáver, Eu me chamo Pink2!” A garota cor-de-rosa segurava um pirulito em sua mão, e até fazia beicinho enquanto reclamava. Após um olhar meu, ela explicou um pouco ofendida, “Pink apenas fez o mesmo que no passado, ela foi até o campo de execução e comprou um cadáver. E Sol, da última vez você disse que queria um morto-vivo melhor, então Pink especialmente gastou muito dinheiro e comprou um cadáver intacto… Pink também não sabia que a aura de rancor e obsessão daquele cadáver era tão forte que o tornaria um Cavaleiro da Morte.” Pink inclinou a cabeça para olhar para mim, e com uma expressão fofa, falou, “Além disso, o objeto de sua obsessão por acaso é você, Sol!”

2 – “Pink” –  Caso alguém tenha alguma dúvida, significa “cor-de-rosa”, mas achamos melhor não traduzir o nome dela,  principalmente porque o nome Rosa lembra a flor, e não a cor.

“Mas eu nem conheço aquele cara!” Eu estava praticamente ficando louco, já que obviamente eu nunca o vi antes. Porque o objeto de sua obsessão seria eu?

É desconhecido se Pink acredita ou não em mim, já que ela apenas abaixou a cabeça para lamber o pirulito.

Eu juntei as sobrancelhas, perguntando, “Você falou que comprou o cadáver em um campo de execução? Ele era um criminoso?”

“Não deveria ser.” Pink levantou a cabeça, e mesmo que seu rosto fosse adorável, seus olhos mostravam um pouco de maturidade… Quem sabe quantos anos tem essa velha necromante que gosta de agir como fofa.

“Huh?” Eu toquei no meu nariz, e perguntei ceticamente, “Eu pensei que apenas criminosos eram mandados para o campo de execução?”

Pink riu de mim com desdém. “Na aparência, isso é verdade! No entanto, Pink vai te contar que Pink é uma pessoa com muitos anos de experiência quando se fala de comprar cadáveres. Um monte de cadáveres que não podem ser tratados abertamente, que não podem ser descobertos por outras pessoas, podem ser empilhados na pilha de cadáveres de criminosos no campo de execução pagando apenas um pouco mais.”

“Isso é verdade? Como você confirmaria que ele não é um criminoso?” Eu franzi a testa, Devo contar ao Cavaleiro do Julgamento sobre essas notícias, e então deixá-lo investigar?

“Idiota!” Pink se alegrou com o infortúnio dos mortos enquanto falava, “Os mortos no campo de execução todos sofrem morte por enforcamento, mas eu comprei muitos cadáveres que não sofreram. Seus pescoços têm marcas de estrangulamento, mas Pink é, apesar de tudo, muito familiar com cadáveres, e com um olhar Pink pode disser se aquelas marcas foram casualmente feitas depois de sua morte com uma corda. Seus pescoços não estão quebrados, então não foram enforcados.”

“Como o Cavaleiro da Morte morreu?”

Eu decidi jogar o incidente da fraude do campo de execução de lado, por enquanto, era mais importante provar minha inocência.

Pink inclinou um pouco sua cabeça com uma expressão bonitinha, e cuidadosamente considerou por um tempo, antes de escolher a resposta mais precisa. “Ele foi torturado até a morte. Seu corpo tem muitas lesões, então ele foi torturado por bastante tempo, e no final ele morreu, é claro.”

Torturado até a morte… Minha cabeça começou a ficar dormente.

“No entanto, Sol…” Pink de repente olhou para mim com antecipação. “Eu não sabia que você tinha esse tipo de hobby. Próxima vez nós podemos trocar métodos de tortura um com o outro, só para você saber, eu ainda não consegui torturar alguém até sair um Cavaleiro da Morte.”

Ouvindo isso, eu agarrei o ombro de Pink, chacoalhando-a violentamente. “Trocar?! Eu te disse antes, eu não o conheço!”

Enquanto Pink estava sendo chacoalhada, seus dois brilhantes, lindos e animados olhos balançavam para cima e para baixo como loucos. Parecia ter uma tendência para eles caírem para fora, então eu rapidamente usei minhas duas mão para dar um tapa nos olhos dela, que voltarem para dentro com um estalo. Apesar de tudo, eu não desejava ver a cena de seus olhos caindo para fora.

“Pink entendeu, Pink também não conhece quem foi torturado por Pink!” Pink olhou para mim com um sorriso maldoso.

Eu a xinguei silenciosamente. Essa pessoa morta… Espere! Ela é originalmente uma pessoa “morta” de qualquer jeito. Essa naturalmente má necromante realmente se recusa a acreditar que eu não torturei aquele Cavaleiro da Morte.

“De que campo de execução você comprou aquele cadáver?”

“Daquele fora da cidade, no noroeste.”

“No que é mais longe, huh…” Parece que meus problemas ainda estão a caminho de ficarem maiores.

Conformado com meu destino, eu levantei da cadeira,  mesmo que a próxima coisa que eu queria fazer fosse cair na cama rosa ao lado, abraçar uma almofada de bolo rosa e dormir por três dias e três noites…

No entanto, a realidade é sempre contrária ao seu desejo. A próxima coisa que eu tinha de fazer era ir a um campo de execução que fedia a cadáveres e interrogar o gerente corrupto do campo para descobrir de onde o corpo apodrecido era.

Apenas pensar nisso me fez sentir que meu futuro era frio…

Eu empurrei o cadáver rosa que parecia uma boneca do meu colo, e então me levantei devagar, e ainda mais como uma lesma, andei até a porta…

“Sol.”

Ouvindo aquela chamada, eu virei minha cabeça de volta. Pink estava inclinada contra a porta, lambendo seu pirulito rosa, e seus lindos olhos piscaram para mim.

“Você sabe, o que Pink falou no passado ainda conta. Se você quiser, eu te aceito como meu discípulo a qualquer momento, e nem mesmo o Templo Sagrado e aquele seu professor com apelido de ‘O Cavaleiro do Sol Mais Forte’ conseguiria fazer eu entregar meu discípulo.”

Eu fiquei atordoado por um momento, foi um pouco incompreensível. Poderia ela querer dizer que queria me proteger?!

Cadáver pode ser um necromante cuja peculiaridade excede o limite, mas para dizer a verdade, ela com certeza é leal.

Eu coloquei um fraco sorriso, e acenei tchau para ela. A menina mágica não falou nada, apenas alegremente balançava seu pirulito ferozmente para me dar tchau.

[A Lenda do Cavaleiro do Sol Volume 1 Capítulo 4 Fim]

A Lenda do Cavaleiro do Sol V1C3: “Mesmo quando enfrentando a morte, deve-se morrer graciosamente”

A Lenda do Cavaleiro do Sol Volume 1: Uma introdução à Teoria dos Cavaleiros

Novela original em chinês por: 御我 (Yu Wo)

——————————————————————————————–

Terceira Regra dos Cavaleiros do Sol: “Mesmo Quando Enfrentando a Morte, Deve-se Morrer Graciosamente

 

Eu corri pelas ruas como um cometa atravessando os céus. Nesse ponto, eu não precisava mais do cavaleiro-aprendiz como guia, já que era impossível não sentir aquela violenta aura de morte. Eu nunca tinha encontrado uma aura de morte tão intensa na cidade antes…

(Não me diga que meu pedido por criaturas mortas-vivas mais fortes realmente foi respondido? Não pode ser! Eu escutei de meu professor que como a Igreja paga muito pouco, o necromante iria, no máximo, apenas conjurar um zumbi com vários membros faltando para eu brincar.)

Tem uma casa com o telhado plano em frente… Eu pisei na parede e usei-a para me impulsionar no ar enquanto eu pulava para o telhado. Vendo onde os cavaleiros sagrados estavam reunidos no chão, eu saltei em direção a eles, gritando em pleno ar, “Criaturas mortas que desafiam as leis da natureza, corrompidos e malévolos seres da escuridão, pela a autoridade do Deus da Luz, eu, o Cavaleiro do Sol, em nome do Sol que se pendura no céu, devo completamente aniquilar vossa existência da face da terra, pela glória da beleza da luz!”

“Sol, você finalmente está aqui!” abaixo de mim, o Cavaleiro da Folha virou sua cabeça para olhar em minha direção, com uma expressão de alívio em seu rosto.

Com ele estavam os cavaleiros da Tempestade, da Terra e do Gelo, cada um deles liderando alguns cavaleiros de seus respectivos pelotões. Eu rapidamente vi que tinha um total de vinte e poucos cavaleiros sagrados presentes; desde que me lembro, essa parece ser a primeira vez que nós movemos em uma escala tão grande. Mas até aí, eu posso provavelmente adivinhar o motivo de uma operação tão grande; afinal, um cavaleiro da morte não é o tipo de criatura morta-viva que você vê frequentemente… Espere um segundo! Um cavaleiro da morte?

Porque tal criatura da escuridão – com a chance de conjuração tão baixa que um necromante preferiria tomar conta do inimigo com suas próprias mão para poupar tempo e esforço – apareceria aqui?

Não me diga que ele se perdeu?

Merda!

Como o choque foi muito grande, os músculos do meu pé esquerdo de repente perderam a força. Isso o levou a dobrar no ângulo errado e chutar os músculos de trás da minha perna direita, que por sua vez causou o ângulo do meu joelho direito ficar incorreto e tornou-o incapaz de direcionar a minha coxa a se mover de um jeito que eu desse um passo para frente… Embora parecendo terrivelmente complicado, colocando de um jeito simples, essa situação pode ser resumida como–

Eu tropecei.

E eu tropecei no meio do ar.

Felizmente, meu professor me fez passar por tanto “treinamentos razoáveis” quanto “exercícios  irracionais”. Não que eu queira me vangloriar, mas, graças àqueles dois tipos de treinamentos especiais para cair, eu posso garantir que mesmo o Deus da Luz não consegue cair mais graciosamente que eu… Mas agora que eu pensei sobre isso, é impossível para o Deus da Luz cair, então acho que não tem como testarmos isso.

Eu me curvei para frente reflexivamente. Meus braços foram colocados para frente em arcos graciosos como o de uma bailarina para formar um circulo e executei duas cambalhotas frontais completas, seguidas de um giro lateral… E eu aterrissei! Por fim, eu levantei ambos os braços sobre minha cabeça devagar e os abaixei – como as asas de uma borboleta – para descansar ao meu lado. Eu gradualmente recuperei meu fôlego e então voltei para a posição reta e graciosa do Cavaleiro do Sol.

Clap clap clap! Uma roda de aplausos cresceu da audiência, e um cavaleiro estava até batendo com sua espada em seu escudo, gritando, “Bis! Bis! Caia mais uma vez!”

Vá se ferrar com seu “Caia mais uma vez”! Porquê o cavaleiro da morte não mandou esse idiota para o Deus da Luz para ser reeducado?

“Dez pontos!” Folha, sendo o cara legal que ele é, imediatamente me deu a nota máxima.

“Hmph! Cinco pontos; a posição dos pés não estava firme o suficiente quando ele aterrissou.” Aquele maldito Terra! Ele ainda deve estar nutrindo rancor contra mim por ter interferido em seus “afazeres” mais cedo.

“Oito pontos; a queda em frente da rainha foi mais graciosa.” Tempestade… Tudo bem, pelo menos você é honesto.

Eu admito, uma vez, para não me desonrar na frente da rainha, eu usei a “resistência sobre-humana que ganhei sobrevivendo por dez anos sob a orientação de meu professor sem desenvolver uma personalidade deformada” (se minha personalidade se deformou ou não, eu nunca vou admitir, então vamos apenas considerar que ela não mudou) para cair graciosamente… e consequentemente caí por todos os trezentos e vinte e três degraus da escadaria.

Desde aquela vez, a escadaria do templo passou a ser mais detestável que o Cavaleiro da Terra em minha mente.

Ca*****, que inferno! Eles estão tentando matar pessoas construindo escadas tão longas?

Se não fosse pelo fato que tinham várias centenas de clérigos no pé da escada lançando simultaneamente milhares de magias e me curando no ato, eu teria virado o primeiro Cavaleiro do Sol a morrer por uma queda.

Se lembram quando contei à vocês anteriormente sobre meu professor ter falado que “mesmo se o Cavaleiro do Sol for cair, ele deve cair de uma maneira extremamente graciosa”?

————————————–

Quando eu tinha idade suficiente para ser mandado em missões práticas pela Igreja, meu professor – de uma maneira séria e bem-intencionada – me deu mais instruções, falando, “Criança, você vai finalmente carregar missões. Como seu professor, eu estou extremamente aliviado, mas há instruções que eu tenho que lhe dar antes de poder ficar verdadeiramente em paz.”

“Eu definitivamente vou tomar cuidado, professor.” Eu fiquei extremamente comovido; meu professor realmente se preocupa muito comigo!

“Sim, criança, você deve tomar cuidado! Lembre-se, o Cavaleiro do Sol deve sempre manter seu comportamento gracioso, não importando quando e onde.”

Eu acenei com a cabeça obedientemente. “Professor, eu vou completar minha missão muito graciosamente.”

(Naquela época, eu tinha já vivido um estilo de vida que envolvia cair muitas vezes por vários meses. Na média, eu teria que procurar por um clérigo uma vez a cada três dias para lançar uma magia de cura de alto nível em mim para curar machucados recebidos de quedas particularmente desagradáveis.)

Meu professor balançou sua cabeça e falou, “Criança, completar missões graciosamente é apenas o básico.”

“Então o que é mais avançado que isso?”

“Criança, você deve lembrar, quando você falhar em sua missão e estiver próximo a morte, naquele momento, você deve…”

“Rezar para o Deus da Luz?”

“Não, você deve contemplar com que tipo de pose você vai morrer, e se essa pose vai ser acompanhada com uma expressão serena ou heroica. Ainda mais importante é se você vai morrer com uma única estocada de seu inimigo no coração, ou se você vai cortar sua própria garganta, e assim por diante. Apenas depois de todas as circunstâncias importantes sobre sua morte terem sido planejadas e organizadas perfeitamente você pode morrer em uma posição tão graciosa quanto possível.”

“Mesmo quando enfrentando a morte, o Cavaleiro do Sol deve morrer muito graciosamente!”

“…”

————————————–

Assim sendo, se eu fosse morrer com a causa mortis sendo algo tão deselegante como “uma queda”, é inteiramente possível que meu professor ficasse enfurecido ao ponto de usar necromancia e me reviver como um cavaleiro da morte e depois usar suas magias sagradas do Deus da Luz para me deixar morrer mais uma vez – e de uma maneira graciosa dessa vez.

“Sol, esse cavaleiro da morte é bem forte. Tome cuidado,” falou o Cavaleiro da Folha. Então ele recuou alguns passos, junto com o Cavaleiro da Tempestade e o Cavaleiro da Terra, abrindo uma clareira no centro para mim e o cavaleiro da morte.

“Não é meio arriscado deixar o Cavaleiro-Capitão Sol lidar com aquela criatura morta-viva para sozinho?” alguns cavaleiros no fundo exclamaram preocupados.

“Relaxem, meu melhor amigo definitivamente não perderia para uma criatura morta-viva,” o Cavaleiro da Terra falou com um tom “leal” e “honesto”.

“É, sempre que Sol encontra criaturas mortas-vivas – que ele mais odeia – ele fica várias vezes mais forte. É melhor vocês não interferirem e roubarem a presa dela, ou então ele vai ficar bravo,” o Cavaleiro da Folha – sendo o cara legal que ele é – explicou para os cavaleiros, e até me deu um sorriso e dizia, “Não se preocupe, não vou deixar que ninguém interrompa sua luta.”

Mas espere um segundo! Isso é porque as criaturas mortas-vivas que eu lidei no passado foram todas pagas pela Igreja e invocadas por um necromante com o objetivo de me ajudar a desestressar e evitar que eu entrasse em depressão!

Nesse momento, a espada na mão do cavaleiro da morte explodiu em chamas negras que alcançavam vários metros em volta da lamina. O cavaleiro da morte abriu sua boca semi apodrecida e deu um rugido desumano.

Muito bom! Talvez eu possa começar a contemplar em que pose eu devo morrer e que expressão eu devo usar para combinar com ela, também escolher meu jeito favorito de morrer, e então graciosamente retornar para o lado do Deus da Luz…

Eu estava prestes a começar minhas contemplações e decidindo em que pose morrer quando o cavaleiro da morte realmente balançou sua espada – que estava cuspindo chamas negras para todos os lados – em mim… Pare de brincar comigo! Como possivelmente posso morrer antes de ter propriamente considerado em que posse e com que expressão morrer e ter certeza que eu morreria o mais graciosamente possível!

Meu professor frequentemente falava, “Tudo bem se você não tem talento para isso; o mais importante é praticar, praticar e praticar. Criança, se você continuar a cair por mais um mês, você definitivamente vai dominar a arte de fazer o mesmo graciosamente!”

Por isso, se eu não morrer graciosamente, meu professor vai definitivamente me reviver de novo e de novo e de novo, até eu ter morrido de novo e de novo por um mês inteiro e finalmente dominar a arte de morrer graciosamente; apenas aí ele vai me deixar morrer de vez…

Assim sendo, eu definitivamente não posso morrer antes de decidir o jeito de morrer mais o graciosamente possível, ou antes de instruir meu bom amigo Cavaleiro do Julgamento a desmembrar meu corpo completamente depois deu morrer, para que seja impossível para meu professor me reviver!

“Yargh!” Eu rugi enquanto desembainhava minha espada, que se encontrou com a arma flamejante do cavaleiro da morte com um alto tinido metálico.

“Como esperado do Cavaleiro do Sol; um ataque tão poderoso e forte, é definitivamente algo para a criatura morta-viva se preocupar,” respiraram os cavaleiros sagrados que estavam assistindo admirados de um lado.

“Sol! Porque você não trouxe a Espada Divina do Sol com você?” o Cavaleiro da Folha exclamou em alarme.

Você está louco?! A Espada Divina do Sol é uma antiguidade que vale dinheiro suficiente para pagar o resgate de uma cidade inteira! Mesmo que sua lâmina continue sendo incomparavelmente afiada, quem sabe quando ela pode quebrar?

Não importa quando ela quebrar, desde que não quebre em minhas mãos! Do contrário eu nunca seria capaz de compensar a Igreja por ela, mesmo se eu desse a eles toda a minha poupança de aposentadoria daqui em diante!

Além disso, eu achei que eu estava vindo apenas para cortar alguns zumbis com mãos e pés faltando, com o propósito de evitar a depressão. Tem alguém que para matar uma galinha usaria um cutelo enorme, o tipo feito para abater vacas? Do mesmo jeito, tem alguém que, para evitar a depressão, traria com ele uma antiguidade com a qual ele ou ela está constantemente preocupado, com medo que seja roubada, ou pior, simplesmente quebre sozinha?

O quê? Eu estou me preocupando com nada, você disse?

Tudo bem! Deixe de lado a questão de a espada quebrar ou não.

Uma espada – não importa se dor a Espada Divina do Sol, a Espada XX Sagrada, a OO Espada do Demônio, ou qualquer que seja, desde que seja uma arma – vai perder o fio depois de cortar coisas por um tempo. Quando isso acontecer, você tem que levá-la para um ferreiro afiar.

Custa no máximo um ducado de prata para afiar uma espada normal, e já é considerado muito caro. No entanto, ferreiros ordinários não têm a coragem de cuidar de algo como a Espada Divina do Sol que vale o resgate de uma cidade. Consequentemente, para achar um ferreiro que ousaria tocar nessa antiguidade, eu vou ter que procurar pelo ferreiro mais famoso da cidade inteira, o que significa que o preço de afiar a espada seria um ducado de ouro no mínimo!

Um ducado de ouro já é o suficiente para eu comprar uma espada normal!

Além disso, as lâminas ficam mais finas cada vez que você as afia! Então se eu gastar um ducado de ouro para afiar a Espada Divina do Sol, faria com que a lâmina ficasse mais fina, assim aumentando as chances dela quebrar… Eu preferiria usar meus dentes para morder os monstros até a morte.

Pela imagem graciosa de Cavaleiro do Sol, no entanto, eu peguei um ducado de ouro com um pouco de dor de cabeça e comprei uma espada para substituir a Espada Divina do Sol. Afinal, é simplesmente difícil de mais morder um monstro a morte graciosamente usando os dentes!

Mesmo que pareça que eu estive murmurando comigo mesmo na minha cabeça já faz um tempo, na realidade, o cavaleiro da morte e eu já tínhamos trocado mais de dez golpes. Parecia não ter fim ao som metálico de nossas espadas enquanto se chocavam de novo e de novo. A cada som de metal com metal me deixaria com o coração doendo como se estivesse a ponto de quebrar. O choque de espadas é uma coisa aterrorizante; ao menos que sua espada seja muito superior a de seu oponente em termos de qualidade, a espada é rachada com cada choque. Quando uma espada desenvolve mais e mais rachaduras, deve ser levada ao ferreiro para ser consertada, e consertos custam dinheiro também…

Eu estava extremamente tentado a simplesmente usar meu corpo para receber os golpes, e eu o teria feito se não fosse pelo fato de que a espada o cavaleiro da morte estava queimando com fogo preto e parecia com certeza ameaçadora. Afinal, o Santuário da Luz é praticamente lotado de clérigos que podem facilmente distribuir curas de graça!

Eu não conseguia parar de sentir que algo estava meio estranho, no entanto. Sou apenas eu, ou o lendário cavaleiro da morte que é super-ultra difícil de conjurar não é tão poderoso quanto eu imaginava ser?

Ou poderia ser que de algum jeito eu tenha ficado mais forte ultimamente sem perceber… Que nada! Eu tenho que parar de me iludir.

Apenas alguns dias atrás, eu fui derrotado em apenas três movimentos pelo Cavaleiro do Julgamento enquanto praticávamos, então mesmo o cavaleiro da morte com seu cérebro decomposto não acreditaria se eu falasse que fiquei mais forte!

Ou poderia ser que o que estou vendo não é um cavaleiro da morte, mas apenas um “cavaleiro morto” que foi, coincidentemente, revivido pelo necromante e se tornou um zumbi?

Dei uma boa olhada nesse cavaleiro da morte…nossa! Seu corpo estava tão deteriorado que estava praticamente em farrapos, e sua habilidade com a espada está absolutamente apodrecida. Eu tenho que falar, para eu estar tão desatento, com meus pensamentos passando por todos os lugares, e ainda sim estar em vantagem, a habilidade com a espada pode apenas ser descrita pela palavra “podre”… ahem! Quero dizer, pode apenas ser descrita como “não tão boa”.

(Não seja ridículo; se eu falar que a habilidade com a espada dele é podre, isso obviamente significaria que a minha também é podre! Eu admito que a minhas habilidades com uma espada não são tão boas, mas eu absolutamente nunca admitiria que são podres!)

Como tal, essa criatura que tem uma habilidade não-tão-boa com a espada provavelmente não é um cavaleiro da morte, mas um cavaleiro morto.

Esquece! Não importa se isso é um cavaleiro “da morte” ou um cavaleiro “morto”, eu apenas sei que se eu não me apressar e deixar esse indivíduo completamente e irrevogavelmente morto e incapaz de balançar uma espada logo, eu vou definitivamente acabar tendo que gastar dinheiro de novo em uma nova arma, o que por sua vez vai me levar a uma excessiva dor no coração, e finalmente, uma morte deselegante.

Enquanto minha habilidade com a espada não é tão boa, eu sou muito habilidoso em usar as magias sagradas nas quais os cavaleiros sagrados se especializam! Eu posso garantir que uma magia minha vai mandar esse morto-vivo direto para seu descanso eterno. E porque eu gastaria tanto tempo em uma batalha prolongada com ele, é inteiramente porque…

————————————–

Meu professor costumava dizer, “Criança, mesmo se você encontrar a criatura morta-viva mais poderosa que existe, você ainda deve se lembrar de ter uma batalha prolongada com ela antes de mandá-la para o descanso eterno com sua magia sagrada.”

“Então porque não usá-la logo no começo?” o jovem eu perguntou sem entender.

“Pense por um momento, criança. Quando o povo comum encontra um monstro, demoraria em torno de dez minutos, em que durante pessoas seriam mortas, para demonstrar quão poderoso o monstro é. Depois disso, eles gastariam mais dez minutos gritando em pânico, seguidos de mais dez minutos correndo para todos os lados, fugindo por suas vidas, e finalmente, o cavaleiro chegará para salvá-los. Como tal, se você gastar apenas três segundos para mandar o monstro para o descanso eterno e depois ir embora, você acha que seria justo com a audiência que gastaram trinta minutos esperando sua chegada?”

“…Então professor, quanto tempo eu devo gastar lutando contra o monstro, para que eu seja justo com o povo comum?”

“Criança.” Meu professor olhou distante com um olhar profundo e falou, “Lutar é como um poema, e você é como um bardo. Não apenas a batalha precisa ter uma introdução, desenvolvimento, um clímax, e uma conclusão, você também deve criar tensão na atmosfera de tempos em tempos para entreter a audiência. Seria melhor se você conseguir deixar o vilão te bater ao ponto em que você está graciosamente caído no chão. Se o oponente é um vilão de certa qualidade, ele vai, nesse ponto, zombar, provocar e lhe atirar insultos para mostrar seu poder. Depois disso, você vai ascender e deixar seu universo interior flamejante…”

“…Universo interior?”

“…Errr, Acender seu potencial e deixar suas magias sagradas em chamas, e então graciosamente bater em seu oponente até que ele esteja caído no chão, então o mandar para o descanso eterno. Agora isso seria uma batalha executada perfeitamente.”

…Isso soa apenas como uma batalha muito cansativa.

————————————–

Daquela vez em diante, eu nutri um ódio incomparável por missões que requerem lutar, já que o esforço que requerem é comparável ao esforço requerido para graciosamente rolar abaixo uma escada de mais de trezentos degraus. Consequentemente, a não ser que seja uma criatura morta-viva que eu tenha especialmente pedido de um necromante para evitar que eu caísse em depressão, eu iria rotineiramente jogar a missão para o colo do Cavaleiro do Julgamento. Afinal, aquele cara geralmente precisa de apenas um golpe para acabar com o inimigo.

Esse também é o motivo pelo qual as lutas do Cavaleiro do Julgamento geralmente não têm muita audiência – porque suas lutas são simplesmente muito chatas.

De repente, todas as pessoas presentes berraram, “Sol, tenha cuidado!”

“Eh?”

Eu estava tão surpreso por seus berros que eu congelei; um segundo depois, uma dor queimou através de minhas costas. Antes mesmo de eu conseguir ver qual o bastardo que me atacou por trás, Folha já tinha se apressado e despachado o “cavaleiro morto” para seu descanso eterno com uma única explosão de sua magia sagrada. Folha então virou para examinar as minhas costas ansiosamente, eu até escutei fracamente o silvo de sua respiração enquanto ele ofegava.

Não é um machucado tão sério, eu espero? Nervoso, eu virei minha cabeça para dar uma olhada, mas eu ainda não conseguia ver minhas próprias costas mesmo que eu sentisse meu pescoço estava prestes a quebrar de tanto torcer.

O que eu vi, no entanto, foi Terra montando sua magia – o Escudo da Terra – em minhas costas. Mesmo eu realmente detestando aquele cara, eu devo admitir que meu lugar favorito é atrás de seu escudo, especialmente quando o inimigo é poderoso.

O Cavaleiro do Gelo ficou de frente para alguma outra pessoa, sua Divina Espada do Gelo – que realmente parece mais um picolé – em sua mão e uma ruga entre as sobrancelhas. Julgando pelo fato de que realmente tinha um expressão na cara do Cavaleiro do Gelo, esse inimigo deve ser extremamente poderoso, poderoso suficiente para fazer uma ruga aparecer entre as sobrancelhas de Gelo.

“Sol, está doendo?” Folha me perguntou, apreensivo.

Eu balancei minha cabeça. Esse pouco de dor não é nada para mim! Eu sou o Cavaleiro do Sol que sobreviveu o treinamento especial de meu professor que envolve cair por vários meses sem parar, o Cavaleiro do Sol que pode continuar sorrindo brilhantemente mesmo após rolar abaixo uma escada com trezentos e alguma coisa degraus!

“Não está doendo?” Folha soou extremamente alarmado.

Eu resisti à vontade de rolar os olhos. Maldição Folha! Porque você tem que me forçar a falar?! Eu respondi, “A luz do sol com a qual o Deus da Luz gentilmente nos banha fez a pequena dor desaparecer sem rastros.”

“Sol realmente é incrível,” Folha murmurou para si mesmo. “Para estar machucado a esse ponto e ainda chamar de apenas ‘pequena dor’…”

Eu não prestei mais atenção em Folha, meu interesse estava no indivíduo que tinha aparecido de repente. Sua aparência era realmente muito estranha. A primeira vista ele pareia uma pessoa ordinária, mas um segundo olhar mais cuidadoso me convenceu que ele definitivamente não era humano!

Afinal, não existe um tipo de humano que é “descolorido”, existe?

O cabelo dele era um marrom descolorido; sua pele, um bege descolorido. Mesmo a armadura de cavaleiro que ele estava usando era um tipo descolorido de prata. Basicamente, ele era cinza esbranquiçado da cabeça aos pés, parecendo uma pessoa que não tinha se mexido por vários séculos e, como resultado, acumulado uma grossa camada de poeira em seu corpo.

Pelas minhas palavras, pode soar como se esse cara fosse apenas uma pessoa preguiçosa que não tomou banho por vários anos e consequentemente acumulou muita poeira em seu corpo. Eu ainda tenho certeza absoluta que, no entanto, esse indivíduo não é humano!

O motivo é porque não havia olhos nas suas órbitas. Ao invés disso, em seus lugares queimavam duas chamas cinza esbranquiçadas.

Que diabos! A produção deve estar bem desleixada esses dias para até o fogo estar descolorido.

A espada na mão daquele indivíduo era provavelmente a única coisa que não era descolorida. Seu design era rigoroso ao ponto que era completamente sem adornos. Luzes brilhavam friamente em sua lamina extremamente afiada, sugerindo que não era uma lamina para se brincar.

Felizmente, a Espada Divina do Gelo na mão de nosso Cavaleiro do Gelo era bem real também. Mesmo ela parecendo um picolé que foi lixado até ter uma ponta, um picolé não é nem de perto tão afiado quanto ela!

Além disso, o Cavaleiro do Gelo é famoso por sua excelente habilidade com a espada. Eu suspeito que sua habilidade de combate ainda seria maior que a minha, mesmo se ele realmente fosse lutar usando um picolé…

Ahem!

O estilo de luta de Gelo é naturalmente passivo; ou seja, ele consegue ficar parado por um dia inteiro com sua espada na mão. Isso continuaria até o oponente não aguentar mais e avançar contra Gelo com sua espada levantada. Nesse momento Gelo vai – com um único e fatal golpe – acabar com seu oponente.

Sendo assim, as lutas de Gelo são do tipo que ninguém quer assistir, já que não tem nada de interessante nelas.

Essa vez também não foi uma exceção. O indivíduo descolorido claramente não tinha a paciência de continuar parado encarando o dia inteiro. Apenas alguns minutos se passaram antes dele levantar a arma e investir contra Gelo. Ele também era alarmantemente rápido – dificilmente se passou um segundo do momento em que ele se moveu, mas aquele indivíduo já tinha quase alcançado Gelo. Não parecia muito que tivesse se movido, mas simplesmente desaparecido de onde estava, e então se rematerializado direto na frente de Gelo!

Com tal velocidade, não é uma surpresa que ele realmente conseguiu me acertar um ataque mesmo diante dos olhos do Cavaleiro da Terra, que, de todos os Doze Cavaleiros Sagrados, se especializa em manter um escudo protetor… Eu quase pensei que Terra me deixou ser cortado intencionalmente como vingança pelo que aconteceu mais cedo.

Felizmente, a concentração do Cavaleiro do Gelo é genuinamente de primeira classe. Mesmo o indivíduo descolorido sendo muito rápido, Gelo ainda conseguiu levantar seu picolé…Quero dizer, levantar sua Divina Espada do Gelo para bloquear o ataque a tempo.

No entanto, era claramente impossível até mesmo para o Cavaleiro do Gelo acabar com o inimigo rapidamente dessa vez. Ao invés disso, ele começou a trocar ataques e defesas agitados com o oponente, e ambas as partes eram assustadoramente rápidas. Eu olhei com cuidado e vi que Gelo estava sendo devagar forçado a recuar.

Eu assisti ansiosa e alegremente da linha dos fundos…Ahem! Quero dizer, eu ansiosamente assisti a luta entre meu companheiro e o inimigo, e de repente fui acertado por uma percepção. Um poderoso cavaleiro com uma aparência descolorida, emitindo uma violenta aura de morte… um cavaleiro da morte?!

Whoaaa! Parece que nós finalmente encontramos o principal antagonista.

“Sol, você quer se curar primeiro?” Folha perguntou de trás de mim em uma voz um tanto preocupada.

“Sol está bem.” Estou me divertindo assistindo a luta! É uma chance rara ver Gelo trocando tantos ataques com o inimigo; nós podemos deixar a cura para depois.

Mesmo estando feliz apenas assistindo a luta, era evidente que Gelo estava tendo uma certa dificuldade. Eu realmente acho que eu deveria dar uma ajuda pra ele; porque afinal, ele me ajudou afastando o inimigo. Caso contrário, se Gelo fosse derrotado, já que Terra se especializa em defesa e Folha ataca a longa distância, isso não significaria que eu teria que lutar?

Se isso acontecer, tem uma oitenta por cento de chance que o chão esteja coberto com meu sangue na primeira troca de golpes, e que minha cabeça esteja no chão na terceira.

“Gelo, deixe-me ajuda-lo!” Eu gritei bem alto. Eu não estava preocupado que Gelo se distraísse já que, para começar, sua concentração era a mais forte dos Doze Cavaleiros Sagrados.

Já que sou o Cavaleiro do Sol que profundamente abomina criaturas mortas-vivas, a maior parte das magias que aprendi desde pequeno eram especificamente para lidar com coisas assim. Vamos tomar a magia “Benção Sagrada” como exemplo: com ela, eu posso abençoar qualquer objeto, infundindo-o com poder sagrado por um tempo, assim tornando-o várias vezes mais mortal contra mortos-vivos.

Eu originalmente tinha a intenção de lançar Benção Sagrada no picolé do Gelo, mas depois de um tempo, eu percebi que tinha um grande problema, já que o picolé se movia rápido demais eu focar nele!

Ah, esquece, eu vou apenas usar um pouco mais de energia e infundir o próprio Gelo com magia sagrada!

“O todo poderoso Deus da Luz banha o mundo com sua deslumbrante luz do sol, limpando-o das sombras e do mal…” (O resto foi omitido com propósito de abreviar.) Depois de recitar uma longa linha de palavras louvando o Deus da Luz, depois do cavaleiro da morte ter conseguido infligir vários golpes no corpo de Gelo, eu finalmente pronunciei a frase mais importante.

“Benção Sagrada!”

Em um momento, o corpo de Gelo estava envolvido por uma luz dourada, fazendo-o parecer a chama de uma vela. Essa luz não apenas tem o efeito de aumentar o dano causado a criaturas mortas-vivas, como também tem um efeito muito útil: ela pode dificultar para o oponente ver onde ele deve atacar, mesmo que o oponente não seja uma criatura morta-viva!

“Me abençoe também, Sol.”

Mesmo o cara legal, Folha, estava finalmente bravo. Ele provavelmente foi provocado pela visão de Gelo se machucando. Ele levantou ao meu lado com uma cara severa, e ele segurava em suas mãos… Haha! Você deve estar pensando que é a Divina Espada da Folha. Deixa eu te contar, você está errado!

É o Divino Arco da Folha!

Eu estava com preguiça demais para recitar todas as palavras louvando o Deus da Luz mais uma vez, então eu simplesmente levantei minha mão e agarrei a ponta da flecha que Folha tinha preparado. A ponta penetrou minha palma, e eu a soltei, deixando a flecha completamente envolvida em meu sangue.

Como porta-voz do Deus da Luz, meu sangue foi perpetuamente abençoado com poder sagrado, tornando-o simplesmente venenoso para criaturas mortas-vivas!

Folha parecia comovido e falou, “Sol, eu não vou gastar em vão o sangue que você contribuiu.”

Quanto ao Gelo, agora que eu o tinha envolvido em luz sagrada, o cavaleiro da morte estava claramente extremamente preocupado com a luz sagrada que estava dificultando seus ataques. Gelo, que estava originalmente perdendo, agora estava lutando de igual para igual com o cavaleiro da morte.

No entanto, ainda tinha mais uma pessoa em nosso lado – Folha – que estava assistindo a luta atentamente, esperando pelo momento certo de atacar. Ele levantou seu arco com um brilho afiado nos olhos, como se conseguisse perfurar buracos em seu inimigo apenas o olhando.

Eu me esqueci de mencionar para todo mundo que quando o Cavaleiro da Folha levanta seu arco, ele imediatamente muda de “um cara realmente legal” para “um cara realmente assustador”. Ele pode atirar cinco flechas em dez segundos, e todas elas acertariam na mosca.

Isso não é nem de perto tão impressionante, no entanto, quanto o fato que ele consegue correr, pular, cantar uma música, virar a cabeça para olhar a uma tremenda gata, e ao mesmo tempo, fazer o inimigo virar um porco-espinho com suas flechas.

Basicamente, eu escolheria pegar minha espada e lutar contra o cavaleiro da morte qualquer dia do que ter que lutar contra Folha quando ele estivesse armado com um arco e uma aljava de flechas. Com o primeiro, mesmo que eu não possa ganhar, eu ainda posso fugir da luta. Com o último… como uma pessoa ultrapassa uma flecha?!

Ao meu lado, a flecha saiu da corda do arco de Folha com um “fwish”. Sua sincronia foi perfeita – o cavaleiro da morte estava desviando de um ataque do Gelo naquele exato momento, deixando-o sem nenhum jeito de desviar da flecha que veio do nada e sem alternativas a não ser levar a flecha direto no peito. Agora, uma flecha normal pode causar pouco ou até nenhum dano ao cavaleiro da morte, já que ele já está morto. No entanto, é um caso totalmente diferente quando a flecha tem meu sangue nela.

Um zumbido como o som de um peixe fritando em uma panela podia ser ouvido do peito do cavaleiro da morte, e então um grande pedaço de seu peito desapareceu, deixando para trás um fundo buraco. Não havia sangue, no entanto, apenas um grudento líquido preto acinzentado que devagar vazava para fora.

Gelo usou a oportunidade para cortar braço esquerdo do cavaleiro da morte, que por sua vez soltou um rugido desumano. O ataque de Gelo tinha quase completamente arrancado o membro do cavaleiro da morte, que agora estava pendurado por uma tira de carne de seu corpo.

O Cavaleiro da morte recuou em um piscar de olhos. Um movimento tão rápido que nem Gelo conseguia acompanhar. No entanto, ainda temos Folha em nosso lado!

Nem mesmo um cavaleiro da morte pode ultrapassar uma flecha!

Com um “fwish fwish fwish”, Folha disparou três flechas em uma série rápida, mas dessa vez o cavaleiro da morte desviou bem rápido e realmente conseguiu desviar de duas das flechas. A única uma flecha que achou seu alvo, entretanto, não tinha meu sangue nela, então o dano causado foi mínimo e o cavaleiro da morte nem se importou em tirá-la.

Eu dei um sorriso fraco e de novo coloquei minha mão na ponta da flecha pouco antes de Folha a atirar. Depois de pensar um momento, entretanto, percebi que esse não é um método infalível já que a flecha pode não acertar o alvo, então eu simplesmente levantei minha mão sangrenta em cima da aljava de Folha e deixei meu sangue pingar em todas as flechas de uma vez.

Folha não me decepcionou, e começou a atirar flechas sem parar. Mesmo o cavaleiro da morte desviando da maioria delas, algumas ainda conseguiam acertar seu alvo, e cada uma delas causava um uivo de dor do cavaleiro da morte.

“Merda! Ele está fugindo,” Folha exclamou em alarme, e aumentou a velocidade com que disparava flechas. Ele era tão rápido que eu apenas conseguia ver um borrão em forma de leque, seguido pelo som da corda de seu arco sendo solta enquanto atirava uma corrente constante de flechas. Folha com certeza faz jus à sua reputação de arqueiro especialista dos Doze Cavaleiros Sagrados!

Esqueça sobre contra-atacar; nesse ponto, o cavaleiro da morte já estava com suas mãos ocupadas tentando desviar da chuva de flechas, e estava correndo cada vez mais para longe…

“Eu vou voltar e te achar um dia, Cavaleiro do Sol!”

Como todos os outros vilões que fogem, o cavaleiro da morte cinza-esbranquiçado jogou uma sentença ameaçando o protagonista logo antes de desaparecer como um ponto na distância…espere, a pessoa que ele ameaçou foi o Cavaleiro do Sol…eu?

Espere, espere um momento, por que você está olhando para mim? A pessoa com quem você estava lutando não era eu!

Como o ditado diz, “vingança deve ter uma origem, uma dívida deve ter devedor”; tudo que eu fiz foi jogar um pouco de luz sagrada brilhante em Gelo e revestir as flechas de Folha com meu sangue venenoso enquanto eu estava aqui! Afinal de contas, foi contra os dois que você lutou, e não contra mim!

Eu realmente quero chorar… Dessa vez, eu não apenas fui cortado, como também consegui ganhar a inimizade de um verdadeiro cavaleiro da morte; o que eu fiz para merecer isso?!

Apenas então, o Cavaleiro do Gelo embainhou sua espada e o Cavaleiro da Terra guardou seu escudo também. Os dois viraram com um olhar extremamente severo em seus rostos, mas por algum motivo os dois deles congelaram assim que me viram.

“Sol, você… você precisa de ajuda?” Terra perguntou, com uma expressão que parecia como se tivesse acabado de ver um fantasma.

Eu balancei minha cabeça enfaticamente. Porque todo mundo parece pensar que eu preciso de ajuda?

Gelo não falou uma palavra, mas seu olhar foi de meu rosto ao chão e subiu de novo, e surpreendentemente, sua expressão parecia que ele estava viajando. Curioso, eu segui seu olhar e olhei para baixo no chão.

WHOA! Desde quando o chão inteiro ficou coberto de sangue? Esse mar vermelho realmente inspira admiração…

Espere um segundo! Porque minha calça branca de cavaleiro virou vermelha?

“Sol… Você está realmente bem?” A voz de Folha estava tão urgente que parecia que ele estava prestes a chorar.

O sangue no chão… é meu?

“Folha…” Eu falei, apenas para descobrir que minha voz estava tão fraca que estava praticamente tão alta quanto o zumbido de um mosquito.

“Huh?” Folha chegou perto apressadamente, provavelmente porque minha voz estava simplesmente suave de mais para ele ouvir.

“Me de uma mão…”

“Sol!”

E então…

…de uma maneira bastante graciosa, eu…

…desmaiei.

 

[A Lenda do Cavaleiro do Sol Volume 1 Capítulo 3 Fim]

A Lenda do Cavaleiro do Sol V1C2: “Graciosamente, calmamente, e o mais Importante, pele clara”

A Lenda do Cavaleiro do Sol Volume 1: Uma introdução à Teoria dos Cavaleiros

Novela original em chinês por: 御我 (Yu Wo)

——————————————————————————————–

Segunda Regra dos Cavaleiros do Sol: “Graciosamente, Calmamente, e o Mais Importante, Pele Clara” — Revisado

 

Como nós realizamos nossa missão de persuadir o rei a parar de aumentar os impostos, foram dados a Tempestade e a mim alguns dias de folga.

Poderia ser, no entanto, que o Papa apenas não suportasse mais ver Tempestade com os olhos inchados do tamanho de ovos de galinha, obscurecendo sua visão a ponto de bater nos pilares enquanto andava… (Ou talvez ele apenas não queria ver outro pilar danificado – só pra constar, os pilares da igreja são todos verdadeiras obras de arte ornamentalmente esculpidas e são terrivelmente caros.) …que foi o porquê dele nos dar esses dias de folga.

No momento que nos deram a folga, Tempestade imediatamente saiu do Santuário da Luz, fazendo o caminho mais curto para a área dos cavaleiros – o Templo Sagrado.

O motivo? Têm mulheres servindo como clérigas no Santuário da Luz, e nenhuma entre os cavaleiros no Templo Sagrado.

Para alguém com os olhos inchados do tamanho de ovos de galinha, mesmo se todas as clérigas do Santuário da Luz fossem tão bonitas quanto deusas, piscar para elas ainda seria um trabalho que requeria uma dor excruciante.

Tempestade saiu como um furacão, e mesmo eu também estando impaciente para começar as minhas férias, eu não tive escolha a não ser sair graciosamente, andando no passo de uma tartaruga.

Como todo o continente sabe, de todos os cavaleiros, o Cavaleiro do Sol é o mais gracioso e não importa o que ele esteja fazendo, ele nunca vai perder seu comportamento gracioso.

Eu ainda consigo lembrar o quanto eu admirava meu professor; não importa se ele estava em pé, sentado, agachado, montando, desmontando, correndo ou fugindo, ele sempre era gracioso.

De fato, um dia, eu estava prestes a usar o banheiro, mas esqueci de bater na porta. Eu a abri abruptamente, apenas para testemunhar meu professor ainda agachado com uma certa coisa preta presa em um lugar difícil…

Meu professor revelou um sorriso brilhante que era a marca registrada do Cavaleiro do Sol, e depois elegantemente terminou o que precisava ser terminado antes de graciosamente limpar sua bunda. Com grande elegância ele colocou suas calças, graciosamente me pegou pelo cangote, e se adiantou para me dar uma surra – graciosamente.

Meu professor costumava dizer, “Criança, você deve saber que, mesmo se o Cavaleiro do Sol cair, ele ainda deve cair de uma maneira extremamente graciosa!”

Eu não sei se foi vingança por tê-lo forçado a usar o banheiro tão graciosamente, mas por um mês inteiro eu caí regularmente até que conseguisse – em qualquer lugar, a qualquer hora, no importando quão súbita ou inesperadamente – cair com graça incomparável.

Mais tarde, apenas caindo eu inclusive fiz com que a rainha de um país qualquer doasse dez mil ducados de ouro para a Igreja do Deus da Luz para minhas “despesas médicas”.

No entanto, desde o incidente, eu não me atrevo a ficar perto do gerente financeiro da igreja, quando ando perto dele tem sempre uma mão à espreita atrás de mim, com a intenção de me empurrar escada abaixo.

Mas a não ser por cair e ter o trabalho de ter certeza de que a porta está trancada toda vez que eu uso o banheiro, andar graciosamente pode ser bem vantajoso.

Por exemplo, ser gracioso me dá um bom motivo para me mover devagar… E se mover devagar é extremamente útil quando estou andando pelo Santuário da Luz, porque isso me permite gravar as lindas clérigas pelo cantos de meus olhos.

Sim, isso mesmo. Não é “olhar” ou “espiar”, mas “gravar”,

Porque, como todo o continente sabe, o Cavaleiro do Sol prometeu dedicar sua vida inteira para o Deus da Luz; ele é o cavaleiro mais leal de todos!

Sendo-o, o Cavaleiro do Sol não tem absolutamente nenhum interesse em mulheres!

Mesmo que houvesse uma mulher ao seu lado com o rosto tão adorável quanto o de uma deusa, uma figura super curva, e ela estivesse completamente nua, o Cavaleiro do Sol nem moveria seu olhar em sua direção. Ele vai apenas olhar em frente firmemente, não sendo nem um pouco afetado por sua presença!

Irmão, se você é um homem de verdade, você acha que algo assim é realmente possível?

Sim, é! Não mover seus olhos e olhar à fixamente para frente – essa é definitivamente a resposta certa.

——————————————–

“Criança, você já tem quatorze anos, está na hora de te ensinar como olhar para mulheres”

“Mas professor, você não se dedicou ao Deus da Luz e, portanto, não tem nenhum interesse em mulheres?”

“Criança, eu posso ter me dedicado para o Deus da Luz como um cavaleiro para Seu uso, mas o Deus da Luz não se dedicou à mim como uma mulher para meu uso, então eu ainda tenho que procurar por mulheres comuns se eu quiser ‘usar’.”

“…”

“Criança, deixe eu te contar, como o Cavaleiro do Sol, mesmo se a mulher ao seu lado estiver pelada e tiver uma beleza incomparável, você deve continuar olhando à sua frente. Se você pretende alcançar esse nível, você deve aprender em como focar seu olhar a sua frente e então, usando sua visão periférica, gravar a aparência da linda mulher em sua mente. Você deve então recuperar essa informação de seu cérebro depois que estiver em seu quarto e olhá-las a seu bel-prazer!”

——————-

Whoa… Aquela que acabou de passar pela esquerda não é nada má, gravando!

Whoooa, aquela na direita é uma novata? Não acho que a tenha visto antes, gravando!

“Sol!”

Eu parei o que estava fazendo e virei graciosamente para olhar à pessoa que me chamou. No entanto, interiormente, eu estava muito tentado a xingar. Maldição, para que infernos você está me chamando?! Eu não terminei de gravar a novata ainda!

“Irmão Gelo, que a benevolência do Deus da Luz derreta sua expressão fria.”

Ele é o Cavaleiro do Gelo, um dos cavaleiros sagrados que não é do meu lado.

Como todo o continente sabe, os Doze Cavaleiros Sagrados podem ser divididos em dois grupos, Uma é a facção dos “bons e generosos”, liderada pelo Cavaleiro do Sol, e a outra é a facção “cruel e insensível”, liderada pelo Cavaleiro do Julgamento. Deve ser óbvio que pessoas boas e generosas e as pessoas cruéis e insensíveis não conseguem se dar bem, e eles têm que brigar sempre que não tiverem nada melhor para fazer.

“Sol, você deveria aprender a adotar a severidade do Deus da Luz ao invés de pegar leve com aquele rei incompetente.”

A face de Gelo era basicamente desprovida de expressões, mas não era porque ele tinha algo contra mim. Como todo o continente sabe, a expressão do Cavaleiro do Gelo é perpetuamente fria; mesmo se o sol suspenso no céu fosse se pendurar logo acima de seu rosto, ele continuaria incapaz de derreter aquela expressão fria.

“A benevolência do Deus da Luz me permitiu perceber que mesmo os pecadores podem um dia se arrepender e virar a página, e eu não posso desistir da oportunidade de resgatar suas almas.”

Uma expressão triste mas compassiva apareceu em meu rosto. Por dentro, eu bocejei – alto. O Cavaleiro do Sol não era uma pessoa muito falante, então de acordo com nossos “encontros passados”, ele teria apenas que retrucar mais uma vez e nós poderíamos acabar com isso por hoje.

“Pecadores devem ser punidos. Eles não merecem receber a oportunidade de se redimirem!” Assim que terminou de falar, Gelo virou à esquerda, nem sequer me dando a oportunidade de responder.

É isso que gosto nele!

O Cavaleiro do Gelo é menos afeiçoado a discutir que eu, mas já que é o que todo o continente espera da gente, ele relutantemente surgiria com um par de sentenças para manter sua aparência.

Além disso, como todo o continente sabe, a personalidade do Cavaleiro do Gelo é fria como gelo, então não apenas sua cara seria desprovida de expressões, ele também odeia falar. Portanto, ações como sair abruptamente também são perfeitamente compatíveis com seu caráter.

Mas mesmo que a gente tenha que discutir um pouco toda vez que nos encontramos, na verdade nossa relação não é ruim. Ele, que se especializa em magias de gelo, me faria uma tigela de raspadinha para comer sempre que o tempo estivesse quente.

Claro que, para parecer que estamos em “oposição”, ele sempre me entregaria a fala de abertura de uma discussão primeiro. Depois, quando eu estivesse mentalmente preparado, ele me jogaria uma tigela para pegar, e brigaria comigo por mais um par de frases antes de arremessar um jarro de sua cobertura de blueberry1 feita a mão em mim. Finalmente, ele me “atacaria” usando uma magia de gelo, mandando uma grande pilha de gelo raspado voando em minha direção, caindo diretamente na minha cabeça, cara, corpo, e na tigela em minhas mãos… Ah! Tão agradável e refrescante!

<1- A tradução de “blueberry” é “mirtilo”, mas convenhamos que blueberry foi um sabor de cobertura no Mc’Donald’s e mirtilo é só uma planta misteriosa que você encontra quando lê O Senhor dos Anéis, então vamos manter blueberry.>

Depois disso, eu teria uma tigela de gelo raspado sabor blueberry para tomar, e nossas imagens de estarmos em “oposição” continuaria inalterada.

É por isso que gosto daquele cara, Gelo. No entanto, eu sou da facção dos “bons e generosos” e ele da dos “cruéis e insensíveis”, e como todo o continente sabe, nós não podemos possivelmente ser amigos, então nós podemos apenas ser “amigos que não são amigos”.

Falando em amigos, eu acho que devo visitar meu “bom amigo”, Cavaleiro da Terra, antes de entrar nas minhas férias.

Como todo o continente sabe, o Cavaleiro da Terra tem um caráter leal e sincero. Ele é alto e fisicamente impressionante, mas muito tímido quando fala, e até gaguejaria Às vezes…

“Me de-desculpa; eu não estou acostumado a fa-falar com garotas…” Falou o Cavaleiro da Terra, abaixando sua cabeça timidamente enquanto suas bochechas ficavam vermelhas.

Eu abri a porta do Cavaleiro da Terra empurrando-a a tempo de ouvi-lo falar aquela sentença pela trigésima primeira ou segunda vez para a trigésima primeira ou segunda garota que já vi com ele.

Foi aí que Terra me atirou um olhar discreto pela trigésima primeira ou segunda vez. Seu olhar era extremamente ameaçador, mas ele ainda tinha um sorriso tolo em sua cara enquanto me cumprimentava, dizendo, “Sol, vo-você voltou.”

“Sim, sob a benção e com o apoio do Deus da Luz, Sol foi tão afortunado a ponto de não falhar em sua missão e conseguiu completar o desejo do Deus da Liz, que foi transmitido para Sol pelo Papa.”

“Entendo, hohoho, parabéns! Tem algo em que você precise de mim?” Perguntou o Cavaleiro da Terra.

Apesar de sua risada tola, tinha um olhar impaciente, que eu não deixei de notar.

“Sob a bem-intencionada inspiração do Deus da Luz, eu vim para te cumprimentar, meu amigo, Terra. O papa sentiu que os trabalhos não mais me permitem experimentar mais da benevolência do Deus da Luz, portanto eu irei experimentar os ensinamentos do Deus da Luz sob amplas terras e céus abertos.”

Isso é para dizer que, eu, o Cavaleiro do Sol, estarei de férias!

Eu definitivamente li “C******! Se você está de férias então se apresse e suma” nos olhos de Terra.  Já a mulher ao seu lado, ela ficou me encarando, imóvel – eu posso garantir que ela não tinha entendido uma palavra do que eu tinha acabado de dizer. É impossível para uma pessoa entender o significado de minhas palavras a não ser que ele ou ela me conheça por mais de três anos.

Esse também é o principal motivo pelo qual eu não consigo achar uma namorada, já que sempre que eu tento conversar com uma garota que eu admiro, ela acha que estou pregando pra ela, e rapidamente me deixaria um pouco de dinheiro para incenso antes de sair correndo.

“Isso é ótimo, você pode tirar uns dias de folga.”

Terra continuava olhando para mim com aquele sorriso bobo na cara, aquela cara com sua expressão simplória que já enganou só deus sabe quantas garotas.

Comparado com Tempestade, que lança piscadas flerteis todos os dias até que fique com câimbras, mas é muito provável que ainda seja virgem, Terra é o verdadeiro vilão lascivo que consegue não ter uma reputação de uma pessoa dissoluta. Porque, assim como todo o continente sabe, o Cavaleiro da Terra é leal, honesto, e sincero, então como tal pessoa pode possivelmente ser dissoluta?

É inconcebível! É tão inconcebível como a ideia do Cavaleiro do Sol ser um bebedor dos diabos!

Mesmo eu já tendo visto trinta e uma ou trinta e duas mulheres em seu quarto até agora, esse cara ainda é firmemente classificado em primeiro lugar na votação para “O Homem que as Mulheres Mais Querem como Marido”, ano após ano.

Mesmo eu tendo melhor aparência do que Terra, tendo uma posição mais alta do que ele, ter um salário maior do que o ele, meu nome nenhuma vez apareceu na votação de “O Homem que as Mulheres Mais Querem como Marido”, porque como todas as mulheres do continente sabem, o Cavaleiro do Sol só ama a Deus, e não mulheres.

C******!

É por isso que eu o odeio.

Coincidentemente – ou provavelmente porque eu sempre abro a porta quando ele está atraindo uma mulher para sua cama – Terra também me odeia.

No entanto, como todo o continente sabe, o Cavaleiro do Sol e o Cavaleiro da Terra são melhores amigos… Então nós dois não temos escolha a não ser sermos “bons amigos que se detestam!”

Eu revelei o sorriso brilhante que pratiquei por dez anos. Instantaneamente, a face da mulher ficou claramente vermelha, e mesmo ela querendo abaixar a cabeça e fingir ser tímida, ela não conseguia tirar o olhar de meu rosto.

Mesmo eu nunca tendo conseguido entrar na votação de “O Homem que as Mulheres Mais Querem como Marido”, eu ainda sou a longo prazo o conquistador da posição numero um na votação de “Homens Bonitos Como a Luz do Sol”. Para mim não é absolutamente problema nenhum fazer uma mulher esquecer rapidamente o homem que mais quer como marido!

“Sol, você não vai tirar férias?” Terra olhava para mim ferozmente, mas seu tom continuava sendo leal e honesto – sua habilidade de fingir pode até competir com meu sorriso! “Se apresse e pense no que você vai querer fazer; a sua folga vai acabar muito depressa.”

Dei um suspiro comovido. “Esse deve ser o Deus da Luz falando através de você, Terra, lembrando Sol a se apressar ao vasto mundo e experimentar o desejo do Deus da Luz. Sol deve suportar a dor de partir e se despedir de você, Terra.”

Suma!

Mesmo eu conseguindo ver essa palavra queimando nos olhos de Terra, a aparência de seu rosto sugeria perfeitamente que estaria esperando pela minha volta. Em uma voz sincera, ele falou, “Estarei esperando para te ver novamente, meu amigo.”

Hahaha! Com um sorriso no rosto, Eu acenei com a cabeça e fechei a porta feliz. Vendo que aquela garota estava tão hipnotizada por mim que seus olhos tinham virado corações, a tentativa de Terra de enganar essa garota estava destinada a falhar dessa vez, hahaha!

Conseguir interferir no romance de outras pessoas sempre me deixa de bom humor. Muito bom, parece que minhas férias tiveram um lindo começo.

Oh, não! Espere; eu ainda não posso começar minhas férias.

Mesmo eu tendo mencionado anteriormente que minha relação com o Cavaleiro do Gelo seja boa, dos Doze Cavaleiros Sagrados, ele ainda não é quem eu tenho a melhor relação. Antes de começar as minhas férias, eu acho que devo fazer uma visita ao meu verdadeiro melhor amigo, se não tenho medo que ele me acuse de “esquecer a amizade em vista da beleza”… Isso é, ver que alguém tem uma mulher linda, correr para entrar no meio da felicidade daquela pessoa, e consequentemente esquecer-se de seu próprio amigo.

De acordo com o que tenho ouvido, parece que o número de crimes que requerem julgamento têm sido particularmente alto, então eu acho que vou conseguir encontrá-lo se eu esperar no banheiro do complexo do julgamento.

Como esperado, eu mal tinha carregado dois banquinhos e uma bacia de água para o banheiro, e sentado graciosamente no banquinho por não mais de três minutos, quando um cavaleiro de cabelo preto, olhos pretos, e usando um uniforme preto de cavaleiro abriu com muita pressa e força a porta. Assim que entrou, ele rapidamente se ajoelhou e começou a vomitar ruidosamente.

Enquanto eu estou aqui elegantemente no banquinho e espero ele terminar de vomitar, eu posso apresenta-lo para todos. Essa pessoa triplamente preta (olhos pretos, cabelo preto, e roupas pretas) é “meu melhor amigo que não é amigo”, que também acontece de ser o líder da facção dos “cruéis e insensíveis”: o Cavaleiro do Julgamento.

Como todo o continente sabe, o mais aterrorizante, o mais cruel cavaleiro dentre todos os Doze Cavaleiros Sagrados, cujo nome você pode usar para assustar crianças de três anos, fazendo-as chorar e nem se atreverem a dormir a noite, não é nenhum outro senão o Cavaleiro do Julgamento, que é responsável por julgar criminosos.

Como eu sou o líder dos bons e generosos e ele o chefe dos cruéis e insensíveis, nós dois somos piores inimigos.

Eu sempre digo, “O benevolente Deus da Luz perdoará seus pecados.”

Ele sempre diz, “O severo Deus da Luz o punirá pelos seus pecados.”

Através disso você pode ver que o Deus da Luz deve ter uma personalidade dividida – quero dizer, uma divindade dividida!

Como a maçã nunca cai muito longe da árvore2, então os cavaleiros sob Seu comando são todos um pouco peculiares.

<2- A tradução literal seria “um bastão torto terá uma sombra torta”, mas preferimos trocar por um ditado que existisse no nosso idioma.>

Da primeira vez que ele interrogou um criminoso, ele, que deveria ser o aterrorizante e cruel Cavaleiro do Julgamento, correu para o banheiro para vomitar logo após terminar o interrogatório.

Apesar de que aquilo não deveria ser nada estranho também, já que ele tinha apenas treze anos quando teve seu primeiro interrogatório para praticar. É muito normal para uma criança de treze anos não ter estômago para a punição com todo aquele sangue.

Eu ainda consigo lembrar do dia em que ele teve sua primeira prática em interrogatórios; meu professor tinha me levado para praticar pela primeira vez discutir com o futuro Cavaleiro do Julgamento.

Quando eu vi o estuprador em série pendurado em um crucifixo, machucado a ponto de não ser mais reconhecido, tive uma sensação de satisfação em meu coração.

Seu desgraçado!

Você sabia que o Cavaleiro do Sol pode apenas amar a Deus e não mulheres em sua vida toda? Você sabia que o jeito de falar do Cavaleiro do Sol poder tornar impossível para eu levar uma mulher para minha cama nessa vida?

Seu, seu criminoso, realmente ousando usar um método tão covarde para conseguir mulheres! Isso me faz simplesmente tão (invejoso)…tão aborrecido! Um lixo como você merece ter o corpo açoitado mesmo depois de morrer!

Eu estava imaginando coisas do tipo como se deve fazer para açoitar um cadáver e tal, quando meu professor me deu secretamente uma cutucada, me lembrando do que eu tinha vindo fazer. Ah, certo; eu tinha vindo para praticar como discutir com o futuro Cavaleiro do Julgamento.

Eu imediatamente coloquei minha expressão compassiva, mas triste, ao estilo Cavaleiro do Sol, exclamando, “Isso é simplesmente cruel e impiedoso demais! Como você pode usar tais métodos para tratar um filho do Deus da Luz? Mesmo ele sendo um criminoso, ele ainda pode se arrepender! O benevolente Deus da Luz certamente não perdoará tal brutalidade!”

Está feito! Eu comecei a discussão; agora é a sua vez.

Eu virei e olhei para meu professor. Vendo seu sorriso de aprovação em seu rosto, eu conseguia dizer que eu fiz um bom trabalho começando a discussão.

Aquele pequeno Cavaleiro do Julgamento de cabelo preto, olhos pretos, e vestindo preto não falou nada por um longo tempo, contudo, eu podia jurar que vi um profundo arrependimento em seus olhos, como também lágrimas reluzentes quando o repreendi.

E então, com lágrimas brotando em seus olhos, ele se debateu, soltando-se de seu professor, que o segurava, e me derrubou para o lado enquanto corria com suas mãos sobre a boca.

“Criança, você não vai se apressar e segui-lo, para ensinar a ele sobre a benevolência do Deus da Luz?” meu professor falou, batendo em minhas costas.

O quê? Eu ainda tenho que discutir com ele? Eu não acho que isso é legal, ele já está chorando…

“Lembre-se de levar com você um lenço, água limpa, e dois banquinhos.” Após me dar tais instruções estranhas, meu professor virou e começou a discutir com seu maior inimigo, o grande Cavaleiro do Julgamento, verbalmente arremessando “benevolência” e “severidade” um contra o outro.

Mesmo eu estando cheio de dúvidas, eu não ousaria ir contra as ordens de meu professor, então eu rapidamente procurei por uma bacia de água limpa. Eu já tinha o lenço, então com dois banquinhos presos debaixo de  meus braços, eu corri para procurar meu futuro maior inimigo.

No final, eu o achei no banheiro próximo ao complexo do julgamento. Ele estava basicamente vomitando suas entranhas pra fora, e continuava vomitando mesmo não tendo mais nada em seu estômago para vomitar.

Eu fiquei rígido como um bloco de madeira em um canto, esperando. Quando meus pés se cansaram, eu lembrei dos banquinhos que estava carregando. Eu andei para entregar o banquinho para o meu maior inimigo e então coloquei o outro debaixo de meu próprio traseiro.

Eu continuei a esperar rigidamente por um tempo, e finalmente, ele parou de vomitar.

Vendo sua aparência bagunçada, eu automaticamente dei a água e o lenço para ele. Ele também os recebeu rigidamente e começou a se limpar.

O lenço, os bancos, e a água todos vieram a calhar… Eu fui abatido pela repentina compreensão. Poderia ser que meu professor também tenha sentado nesse banheiro, assistindo seu maior inimigo vomitar?

O futuro Cavaleiro do Julgamento tinha finalmente terminado de vomitar, sem falar nenhuma palavra ele limpou o lenço e me devolveu. Ele não falou nenhuma palavra de agradecimento porque ele não podia falar; o Cavaleiro do Sol e o Cavaleiro do Julgamento são jurados serem eternamente inimigos já que nós representamos imagens completamente diferentes do Deus da Luz. E como tais, nós definitivamente não poderíamos nos dar bem!

Nós dois apenas sentamos lá, olhando um para o outro sem palavras. Eu não desejava repreendê-lo com a benevolência do Deus da Luz, e ele não desejava usar a severidade do Deus da Luz para retrucar.

Desde aquela vez, nós dois frequentemente teríamos a nossa “troca” de benevolência e severidade no banheiro. Eu frequentemente traria uma bacia de água, bancos, e um lenço para o banheiro e o esperaria lá. Em troca, ele sempre prepararia chá e doces antes de suas interrogações, e então os traria com ele enquanto corria para o banheiro após a interrogação.

Você deve saber que uma pessoa geralmente fica com fome depois de vomitar.

No entanto, os doces que ele trazia com ele sempre foram os do tipo que é tão doce que você poderia confundi-los com uma pilha de açúcar – o tipo que ele não gosta, mas eu amo.

Bem nesse momento, parecia que o Cavaleiro do Julgamento tinha finalmente terminado de vomitar. Como antes, eu entreguei a ele a bacia de água e o lenço, e ele cuidadosamente se arrumou, e até falou, “Você não tem se preocupado com o julgamento dos criminosos por um tempo, Sol. Eu achei que você tinha finalmente entendido que apenas a severidade do Deus da Luz pode trazer um fim a seus crimes.”

Eu entendi o que ele quis dizer com aquelas palavras. Meu bom amigo estava reclamando que eu não vim conversar com ele por muito tempo.

“A benevolência do Deus da Luz não existe apenas na igreja. O palácio, também, requer a iluminação da benevolência, e a Sua Majestade, o rei, tem sede pelos ensinamentos do Deus da Luz mais do que qualquer um.”

Significando que eu tinha sido despachado para “educar” o porco do rei.

“Sua Majestade, o rei, com certeza te trata com desprezo. Apenas a severidade do Deus da Luz o pode fazer consciente dos perigos que ele enfrenta.”

Deve ser muito difícil, lidar com aquele porco do rei. Julgamento me deu um olhar simpático.

“Através dos esforços do Cavaleiro da Tempestade, Sua Majestade, o rei, pode experimentar e compreender a benevolência do Deus da Luz.”

Se não fosse por Tempestade aquele porco gordo ainda estaria relutante parar e diminuir os impostos.

“O Cavaleiro da Tempestade deve ter se arrependido profundamente por não ter educado o palácio inteiro com a severidade do Deus da Luz; seus olhos não conseguem ver a maldade no palácio?”

Ele foi para o palácio, que é cheio de mulheres… Seus olhos estão bem?

“Ele usou seus olhos para testemunhar a maldade no palácio, e mesmo sendo excruciantemente doloroso, ele continuou a perdoá-los com a benevolência do Deus da Luz.”

Ele apenas parou pouco antes de ficar cego.

“Que o Deus da Luz tenha piedade dele por testemunhar a maldade e mesmo assim não administrar nenhuma punição.”

Coitado… Eu espero que seus olhos se recuperem logo.

“O Papa já nos comunicou o apoio do Deus da Luz. A quente luz do sol do mundo ao ar livre vai brilhar em seus olhos piedosos por três dias, e Sol teve a extrema fortuna de poder experienciar junto a ele a benevolência do Deus da Luz.”

Ele está de férias por três dias, eu também.

“Que o brilho do sol da tarde os permita experienciar a severidade do Deus da Luz. Não importa onde vocês forem, a severidade do Deus da Luz testemunhará.”

Espero que se divirtam! Aonde você vai?

“A benevolência do Deus da Luz brilha em cada canto do continente, mesmo que seja no humilde quarto do Cavaleiro do Sol.”

Eu vou me embrulhar no meu quarto como uma tartaruga.

Julgamento finalmente cedeu e deixou que um sorriso aparecesse em seu rosto frio. Ele balançou a cabeça, ainda sorrindo, e então pegou um doce e me entregou. “Que você aceite a severidade do Deus da Luz um dia.”

“Que você aprenda a aceitar a benevolência do Deus da Luz logo.”

Eu peguei o doce de sua mão e dei uma mordida. Yum, sabor blueberry, é realmente gostoso.

—————————————

Assim como contei ao Julgamento quando nossa conversa chegou aos meus três dias de férias, eu planejava ficar em meu quarto e dormir… Ei, que tipo de olhar é esse que você está me dando? Você não acredita que eu realmente vou ficar dentro de casa e dormir?

Que? Ir pegar garotas?

Não seja tolo. Eu não tenho intenção de ajudar a Igreja a ganhar dinheiro! Sendo assim, eu não tenho absolutamente desejo nenhum de dar em cima das garotas que eu estou interessado apenas para elas confundirem minhas cantadas por sermóes e jogarem dinheiro para incenso em mim antes de saírem correndo.

Eh? Não sou um bebedor dos diabos? Ir beber algo no bar?

Você deve estar louco!

Você esqueceu quem eu sou?

Eu sou o Cavaleiro do Sol, ok?! Como pode o Cavaleiro do Sol, que desmaia após beber apenas três copos, ir ao bar?

Você acha que não sou o Cavaleiro do Sol só porque estou de folga?

Meu professor costumava dizer, “Uma vez Cavaleiro do Sol, se deve sorrir e sorrir até o dia em que morrer.”

Mesmo se eu estiver de férias, eu continuo sendo o Cavaleiro do Sol; a única coisa que muda é que eu viro o Cavaleiro do Sol de férias.

Mesmo se eu estiver de férias, o sorriso em meu rosto deve continuar sendo tão brilhante quanto o sol.

Mesmo se eu estiver de férias, eu ainda devo mencionar a benevolência do Deus do Sol uma a cada três sentenças durante uma conversa.

Mesmo se eu estiver de férias, quando eu vir uma mulher linda eu posso apenas usar minha visão periférica para gravá-la.

Como tal, eu prefiro me enterrar no quarto e dormir. Lá, minha expressão pode ser tão amarga quanto eu quiser que seja e se eu não tiver nada melhor para fazer, eu posso gritar livremente, “Vá para o inferno, seu porco gordo!” Depois disso eu posso colocar meus esforços em recuperar as gravações de várias mulheres de meu cérebro e usar em todos os tipos de fantasias OO e XX…

Eu posso então, enquanto estiver fantasiando sobre uma linda mulher, abrir o alçapão embaixo de minha cama e então entrar na adega para beber um par de garrafas de vinho feitas pelo Cavaleiro do Sol anterior – ou o anterior dele, ou o anterior desse aí. Também, para mostrar minha gratidão aos Cavaleiros do Sol anteriores, como também para beneficiar o próximo Cavaleiro do Sol, eu terei que ir a cozinha e trazer de volta algumas maçãs.

Meu professor costumava dizer, “Criança, tudo bem se sua técnica com a espada for ruim, porque a pior coisa que isso pode acarretar é uma morte precoce.”

“Tudo bem que tenha dificuldades em aprender magias sagradas, já que a pior coisa que pode advir disso é que você não conseguirá curar as feridas de seus pacientes, e nesse caso você apenas daria ao paciente um par de bênçãos e desejaria a ele uma reunião precoce com o Deus da Luz.”

“Mas você deve aprender bem a arte de fazer vinho! Se não, mesmo depois de voltar à companhia do Deus da Luz, futuros Cavaleiros do Sol, pela falta de bons vinhos, vão amaldiçoar seu nome por várias gerações!”

Meu professor era mais proficiente em fazer vinho de uva, então eu tenho uma adega cheia de vinho de uva para beber. Já eu, eu sou melhor em fazer vinho de maçãs, então meu aluno terá uma adega inteira de vinhos de maçãs para beber.

Porém, como resultado de usar muitas maçãs, a senhora da cafeteria sempre serve maçã como minha fruta pós-refeição.

Então meu sentimento sobre as maçãs é quase o mesmo que tenho em relação ao Cavaleiro da Terra; eu sou o Cavaleiro do Sol amante de maçãs que odeia maçãs!

—————————————

Porque eu não quero sorrir!

Porque eu não quero falar “a benevolência do Deus da Luz!”

Porque eu não quero ver uma maçã!

Então eu acho que vou me enterrar em meu quarto como uma tartaruga, dormir, e cuidar um pouco da minha pele enquanto isso.

Quê? Porquê diabos um homem precisaria de tratamento de pele, você diz?

Irmão, você realmente não pensa…. Como todo o continente sabe, o Cavaleiro do Sol é um belo homem com cabelo dourado, olhos azuis, e pele tão clara que praticamente brilha!

Com o objetivo de virar um belo homem com pele tão clara que praticamente brilha, cada um dos Cavaleiros do Sol inevitavelmente se tornou um especialista na arte da fazer máscaras para clareamento de pele. Porém, eu acredito que eu deva ser um dos principais especialistas entre eles.

Mesmo eu sendo chamado de Cavaleiro do Sol, na verdade, eu odeio ficar no sol porque a minha pele bronzeia muito facilmente. Toda vez que passo um pouco de tempo no sol, eu tenho que aplicar a máscara no corpo pela noite inteira para recuperar a minha pele clara.

Ao mesmo tempo, eu também experimento todos os tipos de máscaras corporais para fazer com minha pele que se bronzeia facilmente continuar tão clara quanto antes, mesmo que eu tenha passado o dia anterior inteiro lutando debaixo do sol.

No momento, a mais efetiva máscara corporal, pelos meus experimentos, envolve misturar leite azedo com dez gotas de suco de limão, o extrato de trinta rosas, o extrato de dez caules de lavanda, e uma pequena quantidade de farinha. Após a misturar estar pronta, eu espalharia pelo meu corpo todo, colocaria um pote de água sobre o fogo, e então usaria o vapor produzido para dar a meu corpo um bom banho de vapor por uma hora.

(Por favor, note que eu, o Cavaleiro do Sol, já fiz isso muitas vezes; não tente isso se você não for um cavaleiro!)

Essa mistura garante que depois de um dia inteiro de banho de sol, o mesmo continuaria com pele tão clara como leite azedado, com um pouco de amarelo de ovo.

A verdade seja dita que, no entanto, eu sempre suspeitei que o primeiro Cavaleiro do Sol fosse simplesmente albino!

De que outra maneira ele poderia ficar no sol o dia todo, treinando, lutando ouvindo palestras do rei, etc., e de algum jeito ter deixado para trás a maldita imagem de ser um belo homem com uma compleição clara para o continente inteiro saber?

Independente de o primeiro Cavaleiro do Sol ser realmente um albino ou não, eu não tenho escolha a não ser me despir e dar a meu corpo um bom banho de vapor toda semana.

Tem mais uma coisa, entretanto, que é ainda mais maligna que maçãs e que o Cavaleiro da Terra: toda vez, após eu ter me despido completamente, ensaboado minha pele com a máscara de clareamento de pele no corpo inteiro, e começado o meu banho de vapor, algum imbecil ou outro sempre aparece, batendo em minha porta…

Toc-Toc-Toc!

Vê? Droga, isso tem que ser uma maldição!

Já estou quase acostumado com isso.

“Posso perguntar que irmão está além dessa porta, que foi, com um murmuro gentil, lembrado pelo Deus da Luz de vir procurar Sol, para discutir a benevolência do Deus da Luz?”

É bom ele que esteja me procurando por um assunto importante, se não eu vou jogar fora essa mascara corporal e enfiar tudo na boca dele!

“Sou eu, Folha. Graças a deus você está aí, Sol. Venha rápido; uma criatura morta-viva apareceu na cidade!”

Cavaleiro da Folha? De todos os cavaleiros da facção dos “bons e generosos”, ele é um dos poucos de quem eu realmente gosto.

O motivo é que ele realmente é um cara muito legal.

“Por favor, aguarde por um momento, irmão Folha. Debaixo da liderança do benevolente Deus da Luz, Sol sentiu que vai precisar encarar esse mundo com aparência perfeita.”

Não importa quão urgente é questão, você ainda deve me deixar tirar a máscara corporal de meu corpo e colocar minhas roupas primeiro!

Se não, quando eu aparecer, é difícil dizer se todo mundo me atacaria em vez da criatura morta-viva… No momento, minha aparência inteira lembra a de uma criatura morta-viva que ainda está em decomposição!

“Claro, tome seu tempo, Sol. Eu já vou para ajudar a manter a criatura ocupada. Não se preocupe; eu vou deixar você acabar com ela!”

Com certeza, depois de ter terminado de falar, eu ouvi o som dos passos urgentes do Cavaleiro da Folha enquanto ele saia com pressa.

Você vê, ele é uma pessoa tão boa! Se eu fosse uma mulher, eu definitivamente diria para ele na minha voz mais gentil, “Você realmente é um cara legal!”

Como todo o continente sabe, a coisa que o Cavaleiro do Sol mais odeia é nada mais do que criaturas mortas-vivas. Tais criaturas da escuridão completamente desafiam o decreto do Deus da Luz, e uma vez que o elemento da escuridão dentro eles e o Cavaleiro do Sol, que encara a luz, são diametralmente opostos um ao outro, então o Cavaleiro do Sol vai sempre ficar furioso assim que vir um morto-vivo!

Claro que ele vai ir freneticamente para cima deles, porque a única coisa que o Cavaleiro do Sol não precisa perdoar são criaturas mortas-vivas!

Significando que, eu posso me descontrolar e rugir enfurecido enquanto corto aquele indivíduo em um monte de carne moída. Quanto ao meu ressentimento de ter que sorrir todos os dias, ter que mencionar a benevolência do Deus da Luz em cada sentença, ser incapaz de olhar para garotas bonitas abertamente, e ter que ensaboar meu corpo com máscara corporal toda semana, eu posso desafogar nesse indivíduo!

Meu professor frequentemente dizia, “Criança, você deve absolutamente buscar por criaturas mortas-vivas regularmente.”

“Isso é porque o Cavaleiro do Sol prometeu destruir todas as criaturas mortas-vivas?”

“Não, você deve buscá-las frequentemente para que você possa desafogar suas emoções.”

“O quê?”

“Pense sobre isso. Você deve sorrir todos os dias, perdoar cada pedaço de lixo humano, e louvar o Deus da Luz- que você provavelmente nunca vai encontrar na sua vida inteira- em cada sentença. Se você não tiver um jeito para desafogar seus sentimentos, você vai acabar em depressão, e não conseguirá mais dar conta dos deveres do Cavaleiro do Sol devidamente. Se você falhar em cumprir seus deveres devidamente, você vai perder seu emprego, e depois de perder o emprego você vai ficar ainda mais deprimido. No final, você vai estar tão deprimido que você vai se reunir com o Deus da Luz. Agora, você com certeza não vai querer encontrar tal trágico final, vai?”

“…Eu não.”

“Então, criança, você deve procurar por uma criatura morta-viva para desafogar suas frustrações pelo menos uma vez por mês, entendeu?”

“E se eu não conseguir encontrar uma?”

“Não se preocupe, criança. Aqui, esse é o cartão de um necromante que a Igreja contratou especialmente; você não apenas pode especificar pelo tipo de criatura que você quer, como pode até declarar como custos de trabalho para fazer com que a Igreja pague.”

“…”

Para não ficar deprimido, para não ficar sem emprego, para não acabar reunido com o Deus da Luz cedo demais, eu rapidamente tirei a máscara corporal de branqueamento de pele. Eu estava com pressa para descarregar meus ressentimentos na criatura.

Foi bom que não tinha começado o banho de vapor ainda.

Eu digo isso porque uma máscara corporal que ainda está molhada e pingando é definitivamente dez vezes mais fácil de tirar que uma máscara corporal que já tenha secado. Se você não acredita em mim, da próxima vez que você estiver livre, pegue um pote de cola e cubra seu corpo com ele. Deixe a metade esquerda do seu corpo continuar molhada e seque a metade direita, e compare a diferença quando você tentar tirá-la.

(Eu ainda devo lembrá-lo que eu, o Cavaleiro do Sol, já fiz isso várias vezes; se você não é um cavaleiro, eu não me responsabilizarei pelas consequências se você tentar.)

Eu ainda consigo lembrar como, quando meu professor me ensinou pela primeira vez sobre como fazer o básico de clareamento de pele com máscaras corporais, ele se esqueceu de me dar uma parte muito importante de instrução. No momento que se lembrou e se apressou para me lembrar, a máscara corporal já tinha secado e eu estava ocupado arrancando-a…

“Criança, você não deve absolutamente, de jeito nenhum, passar a máscara corporal em sua ‘área importante’, se não—”

“AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH!”

Nem um único pelo cresceu na minha área importante depois daquele dia.

Meu professor sempre sentiu que tinha falhado comigo, então depois daquele incidente, ele seria especialmente sério e colocaria um esforço extra enquanto me ensinava, e não ousaria esquecer de mencionar até o menor pedaço de instrução.

Mas estamos fugindo do tópico. Em todo caso, a máscara corporal molhada e pingando apenas precisa ser enxaguada, e eu estaria completamente limpo. Com o enxague, no entanto, lá se vão as duas horas de esforço que coloquei em misturar a máscara corporal… Oh, a mágoa! A Igreja não me reembolsaria pelo dinheiro gasto comprando rosas e lavanda!

Eu assisti derramando lágrimas conforme parte do meu salário era lavada embora… Droga! Agora é que u vou desafogar meu ressentimento naquela maldita criatura morta-viva! Estou tão indignado!

Eu coloquei meu uniforme de cavaleiro e peguei minha espada. Atacar!

Eu chutei minha porta do meu quarto para que se abrisse. Após investir para fora, eu não tinha certeza de que direção eu devia seguir. Com sorte, aquele Folha não era apenas um cara legal, mas legal e muito cuidadoso. Não apenas ele foi na frente para me ajudar a reservar a criatura, ele também deixou para trás um cavaleiro-aprendiz para me apontar a direção certa!

Folha! Eu juro que quando eu tiver terminado de desafogar minhas emoções, eu vou definitivamente mandar uma carta de recomendação para a Igreja para te dar um certificado por ser um cara tão legal.

[A Lenda do Cavaleiro do Sol Volume 1 Capítulo 2 Fim]

A Lenda do Cavaleiro do Sol V1C1: “Mantenha seu sorriso o tempo todo”

A Lenda do Cavaleiro do Sol Volume 1: Uma Introdução a Teoria dos Cavaleiros

Novela original em chinês por: 御我 (Yu Wo)

——————————————————————————————————————–

Primeira regra do Cavaleiro do Sol: “Mantenha Seu Sorriso o Tempo Todo” — Revisado

Eu sou um cavaleiro. Para ser preciso, eu sou o Cavaleiro do Sol da Igreja do Deus da Luz.

A Igreja do Deus da Luz venera e serve o Deus da Luz, e é uma das três maiores religiões neste continente. Mas mesmo sendo classificada a terceira em termos de tamanho, se falarmos em termos de história, então não há nenhuma outra organização religiosa que consiga se comparar com a Igreja do Deus da Luz.

Como todos sabem, a Igreja do Deus da Luz consiste no Templo Sagrado e no Santuário da Luz, que são organizados em moldes militares e clericais, respectivamente.

Naturalmente, eu sou um cavaleiro do Templo Sagrado, em que doze capitães dos cavaleiros sagrados fazem parte, no qual suas posições são passadas através das gerações. Desde a antiguidade, cada capitão dos cavaleiros sagrados tem comandado uma companhia de cavaleiros. Por exemplo, eu sou o Cavaleiro do Sol, então eu devia comandar a Companhia do Cavaleiro do Sol.

Porém, as chances de estourar uma guerra são extremamente baixas durante esses tempos pacíficos. Sem guerra, as companhias dos cavaleiros não podem se mobilizar; se as companhias dos cavaleiros não podem se mobilizar, elas não podem roubar, ou saquear sob a cobertura do caos da guerra…! Em todo caso, no momento atual o Templo Sagrado está incapaz de custear as despesas para doze companhias de cavaleiros. Então, eles decidiram em simplesmente juntar todos os cavaleiros e formar a Companhia do Templo Sagrado, que pode ser dividida em doze pelotões. O pelotão que se reporta a mim é, obviamente, o Pelotão do Cavaleiro do Sol.

A original Companhia do Cavaleiro do Sol pode ter diminuído para o Pelotão do Cavaleiro do Sol, mas para todos os capitães dos Cavaleiros Sagrados, essa mudança tem o menor impacto em mim. Isso é porque como líder dos Doze Cavaleiros Sagrados, eu naturalmente sou o comandante da Companhia do Templo da Luz inteira. Enquanto eu sou o comandante da companhia, quem liga se é a Companhia do Cavaleiro do Sol ou a Companhia do Templo da Luz, certo?

Então, quem são os doze capitães dos cavaleiros sagrados?

Wow, melhor eu apresentar eles devagar para você. Se eu simplesmente jogar uma lista de nomes, dez a cada dez pessoas não conseguiriam lembrar quem são os capitães.

Vamos começar dando uma olhada nesse companheiro andando ao meu lado. Está certo; eu estou falando sobre o cara com o cabelo longo e azul que está ocupado dando piscadas flerteis para todas as senhoras próximas. É ele, o Cavaleiro da Tempestade.

Cada Cavaleiro Sagrado tem a sua própria personalidade esperada – isso mesmo, você ouviu direito, personalidade “esperada”.

Por exemplo, o Cavaleiro do Sol nasce para ser o benevolente porta-voz do Deus da Luz.

Isso mesmo; eu sou o benevolente porta-voz do Deus da Luz.

Sendo ele, não importa as circunstancias, eu devo sorrir um sorriso tão incandescente quanto o sol. Mesmo se a pessoa que estou prestes a encontrar é o que chamam de o monarca mais desagradável de todos os cinco reinos do continente, aquele porco gordo do rei que reina sobre o Reino do Som Esquecido, eu devo continuar sorrindo como se eu estivesse prestes a encontrar uma tremenda gata.

Me forçar a tratar um porco gordo como uma tremenda gata – ah, irmão, certamente você entende o nível de dificuldade disso, não?

“O benevolente Deus da Luz perdoará seus pecados.”

Essa sentença é uma que eu tenho que falar mais de cem vezes por dia, e ainda preciso usar meu sorriso mais perfeito enquanto a digo. Essa é a vida do Cavaleiro do Sol, ter que eternamente sorrir e perdoar os outros.

Isso é porque, como o continente inteiro sabe, o Cavaleiro do Sol é o benevolente porta-voz do Deus da Luz e ele nunca vai desistir da redenção de qualquer indivíduo!

Então, mesmo eu realmente querendo matar aquele porco gordo do rei com um único golpe da minha espada e fazer aquele maldito velho que se recusa a morrer se apressar e passar logo o trono para o seu muito mais agradável filho, eu não posso. Eu posso apenas continuar usando um sorriso brilhante, andar até lá, e fazer meu melhor para persuadir aquele porco gordo do rei a parar de coletar mais impostos.

Ah, mas estamos saindo do tópico.

Voltando para o que eu estava dizendo, do mesmo jeito que o Cavaleiro do Sol é o benevolente porta-voz do Deus da Luz, o Cavaleiro da Tempestade é o cavaleiro-representante da “liberdade”. Sendo assim, ele é “despreocupado” e um “malandro sedutor1”.

< 1- A tradução do PR! Diz:

A footloose charmer: The description for the Storm Knight here means a man, such as a wandering hero, who is both extremely attractive to women and not tied down to particular responsibilities.

Uma tradução literal seria “um sedutor desembaraçado”. Uma um pouco mais livre “um sedutor incorrigível”. Mas a verdade é que “um herói que vaga, que é atraente para as mulheres e não está preso a responsabilidades” se encaixa razoavelmente com a figura literária do malandro, então acho que deveríamos usar isso.>

Contanto que seja uma reunião que ele possa evitar, ele vai evitá-la!

Contanto que uma mulher tenha a aparência melhor que a de um dragão, ele vai flertar com ela.

Contanto que alguma coisa tenha a menor conexão com “liberdade”, ele vai se envolver. Por exemplo, se tiver uma revolução em algum lugar, ele deve no mínimo ir lá e dar um discurso estimulante. Ele às vezes seria incapaz de partir depois do discurso e acabaria sendo forçado a liderar um grupo de rebeldes ou outro.

No entanto, o que é mais misterioso é que mesmo se ele faltar a uma reunião do Templo da Luz, ele ainda sabe exatamente o que foi discutido durante ela e até consegue completar todo o trabalho atribuído a ele. (Às vezes ele tem uma quantidade de trabalho especialmente grande. É inevitável; quem pediu para ele não ir na reunião? Claro que tiraríamos vantagem de sua ausência e para empurrar todo o trabalho para ele!) Ele até saberia se a próxima reunião não poderia absolutamente ser evitada, nesse caso ele apareceria na hora certa para o trabalho.

Isso quer dizer que, apesar de ser chamado de “despreocupado” Cavaleiro da Tempestade, e na superfície poder faltar às reuniões, você ainda tem que completar os relatórios que te foram designados!

E, sobre a parte de ser um “malandro sedutor”… No caminho para cá, não importa se eram princesas, senhoras, servas, ou matronais donas-de-casa armadas com desentupidores, ele ainda daria piscadas flerteis as mulheres que encontrássemos e sempre teria um sorriso brincalhão em seus lábios.

No entanto, eu sempre suspeitei que esse cara ainda seja, na verdade, um inocente virgem. Afinal, apesar de sua reputação de “malandro sedutor”, em todos esses anos que o conheço, eu nunca vi nenhuma uma vez uma mulher grávida ir até ele exigindo que assumisse responsabilidade.

Aquele sorriso pernicioso dele é provavelmente falso, do mesmo jeito que aquela cabeça de cabelos azuis.

Isso mesmo; aquele cara tem cabelo pintado!

Por quê?

Como todo continente sabe, o Cavaleiro da Tempestade tem cabelo azul!

Eu não sei se o primeiro Cavaleiro da Tempestade realmente tinha cabelo azul ou se ele apenas queria parecer legal então pintou seu cabelo de azul. Em todo caso, isso causou um inferno de problemas para as subsequentes gerações de Cavaleiros da Tempestade. Afinal, tem realmente tantas crianças assim com cabelo azul para serem encontradas?

Obviamente não tem nenhuma!

Então, todos os subsequentes Cavaleiros da Tempestade tiveram que pintar o cabelo de azul pelo resto de suas vidas. A causa da morte de oito a cada dez deles é falha do rim de tanto pintar o cabelo… Suspiro! Eu vou apenas guardar um momento de silêncio por você, Tempestade.

“Você falou algo para mim, Sol?” Do meu lado, o Cavaleiro da Tempestade levantou sua sobrancelha. A expressão na sua face parecia estar me dizendo para não o interromper enquanto estava ocupado mandando flertes para as mulheres.

“Eu não comuniquei, de fato, nenhuma palavra para você, Irmão Tempestade. Talvez você tenha ouvido um gentil murmúrio do benevolente Deus da Luz,” Eu respondi com um sorriso plácido.

Um olhar pesaroso disparou através da face de Tempestade. Eu acho que ele realmente não consegue aguentar o meu jeito de falar, porque nem eu realmente consigo também. No entanto, eu não tenho escolha a não ser falar dessa maneira, do mesmo jeito que Tempestade não tem escolha a não ser dar a todas as mulheres piscadas flerteis, mesmo ela sendo não menos horrível que um dragão.

Já eu, eu não tenho escolha a não ser de algum jeito ligar toda sentença com o Deus da Luz, mesmo que a conversa tenha a ver com como a privada está entupida – nesse caso, sem dúvida, a privada deve ter sido entupida de acordo com a vontade do Deus da Luz.

Consequentemente, eu não gosto de conversar. Afinal, ninguém fez uma regra que o Cavaleiro do Sol deve ser afeiçoado a conversas.

(Glorificado seja o Deus da Luz; por sorte o primeiro Cavaleiro do Sol não deixou para trás uma impressão de um indivíduo falador.)

Voltando ao tópico do cabelo, do mesmo jeito em que o Cavaleiro da Tempestade tem cabelo azul, eu, o Cavaleiro do Sol, tenho que ter o cabelo dourado e olhos azuis.

Foi precisamente por causa da minha cabeça de cabelos dourados que durante a competição da seleção dos Doze Cavaleiros Sagrados eu consegui derrotar outro garoto cuja cor do cabelo era mais para marrom mas tinha três vezes a minha habilidade com a espada.

Naquele tempo, meu professor – Isso é, o Cavaleiro do Sol anterior – quase parecia ter um olhar de coração partido enquanto anunciava que eu tinha ganhado a seleção.

Seu olhar manteve-se naquele garoto de cabelo marrom o tempo todo.

Felizmente, mesmo meu manejo com a espada sendo nada perto do nível daquele garoto prodígio, eu podia ser considerado como tendo marcantes talentos em outras áreas, o que confortou meu professor um pouco.

No entanto, de vez em quando, eu ouvia meu professor conversando com um investigador particular, falando, “Você já conseguiu encontrar o garoto de cabelo marrom? Eu já comprei a tinta de cabelo daquele mago…”

————————————————————————-

Depois de andar por mais de dez minutos por um corredor ridiculamente longo que foi um completo desperdício do dinheiro dos impostos, nós finalmente chegamos ao salão de audiências. Como eu disse, nosso propósito para vir ver o rei dessa vez é para convencê-lo a reduzir os impostos… mesmo eu sentindo que já seria por si só um sucesso se eu conseguisse o persuadir a não aumenta-los ainda mais.

“Saudações. Eu sou o Cavaleiro do Sol da Igreja do Deus da Luz. Pela benevolência do Deus da Luz, eu venho em busca de uma audiência com Sua Majestade, o rei, para espalhar a mensagem do amor do Deus da Luz,” Eu falei serenamente para o guarda, sorrindo.

O guarda tinha um olhar ansioso, e ele me contemplou reverentemente um momento antes de virar para transmitir a mensagem de nossa chegada. Em um momento, a porta para o salão de audiências estava se abrindo devagar.

Eu mandei rapidamente ao guarda um sorriso perfeito de agradecimento, e pareceu que ele estava tão comovido que estava à beira das lágrimas. Vendo as pequenas estrelas brilhando em seus olhos, eu pensei, “ha, parece que o número de nomes na lista de membros do meu fã clube acabou de aumentar em um.”

A expressão do guarda era de espanto à inesperada bondade, enquanto mal podia acreditar que eu mostraria tanta cortesia até para um humilde guarda. A verdade seja dita, no entanto, que era apenas ele pensando demais sobre isso. Não importa se é uma audiência com o rei ou um mendigo no canto da rua, sempre haverá o sorriso perfeito do Cavaleiro do Sol na minha cara, porque eu sou um cavaleiro.

Sim, um cavaleiro – o Cavaleiro do Sol com um sorriso eternamente radiante.

————————————————————————–

Nós entramos no grandioso salão de audiências e, com certeza, aquela maldita banheira de banha de porco ainda estava sentanda no trono e ele estava ainda mais gordo do que da ultima vez que o vi! Ele estava praticamente tão largo quanto três guerreiros pesados. Meu deus, eu pensei, como que ele ainda não morreu de ataque cardíaco ou por outra doença causada pela obesidade?

Com um sorriso perfeito, eu me ajoelhei em um joelho, resistindo o impulso ao vomitar devido a visão dos excessivamente grandes rolos de gordura. Suavemente eu peguei uma das mãos flácidas do rei e rapidamente a beijei na parte de trás antes de levantar a minha cabeça. Ainda sorrindo, eu falei, “Vossa Majestade, o Cavaleiro do Sol da Igreja do Deus da Luz transmite a benevolência do Deus da Luz a você.”

“Chega, chega! Você sempre fala ‘transmitir benevolência’, mas no final você sempre acaba vindo para me causar problemas!” Aquele porco gordo do rei acenou sua mão de um jeito brusco e desdenhoso.

Se você não fosse quem causasse os problemas primeiro, você acha que eu iria querer vir apenas para ver o quão mais flácido você ficou?

Com o meu mais inocente e sincero sorriso, eu me adiantei para explicar, falando, “Sua Majestade, a benevolência do Deus da Luz se espalha através do continente com objetivo de ajudar as massas a entender seus ensinamentos de justiça e compaixão; seu propósito nunca foi criar problemas para você, majestade. Eu estou verdadeiramente triste com tal mal-entendido e eu espero que você me garanta a oportunidade de resolver essa confusão.”

“JÁ CHEGA!” Exaustão apareceu na cara do rei enquanto ouvia o meu discurso, e ele falou, negligente, “Se apresse e fale logo; por quê exatamente você está aqui dessa vez?”

“Eu estou muito agradecido por essa oportunidade de retificar esse mal-entendido e tocado pela graciosidade e compaixão de Sua Majestade,” Eu falei, e fiquei de pé, de uma maneira perfeitamente cortês. Por dentro, eu tomei um longo fôlego antes de lançar meu discurso, que até eu mesmo achei ser insuportavelmente longo.

“Desde os tempos anciãos a benevolência e o amor universal do Deus da Luz cobrem este continente, e cada um e todos os habitantes deste continente são seus queridos filhos. Há algum pai sob este céu que não zela pelo bem-estar de suas crianças? Assim como não existem tais pais, então o Deus da Luz com certeza deve desejar que cada cidadão neste continente viva suas próprias vidas em liberdade. No entanto, mesmo o Deus da Luz sendo um deus onipotente, ele não deve quebrar o contrato que proíbe os deuses de se aproximarem do reino dos mortais. Então, ele confiou a Igreja do Deus da Luz com a tarefa de espalhar sua filosofia de amor piedoso e confiou suas mais amadas crianças ao divinamente nomeado governante deste continente…”

O rei deu um enorme bocejo, sem pensar nos meus sentimentos nem um pouco.

“…Porém, por anos consecutivos, a pobre colheita causou seu amado povo a escorregar para uma vida de incertezas e pobreza. Eu sou apenas um modesto Cavaleiro do Sol e não posso penetrar nos pensamentos do Deus da Luz, mas mesmo eu posso entender isso: como poderia o Deus da Luz possivelmente permitir suas crianças suportar tal sofrimento? Quando a vida de seu povo é difícil – oh, céus! Que tristeza o Deus da Luz deve sentir. Sua tristeza, por sua vez, me leva, o Cavaleiro do Sol, a sentir tal culpa, ao pensar que eu tenha então falhado na tarefa que o Deus da Luz confiou a mim, por ter deixado que a vida de suas crianças se tornasse tão perigosa…”

O rei começou a murmurar. Do seu lado, seus dois conselheiros lhe trouxeram documentos e estavam consultando o príncipe herdeiro sentado ali perto.. o último, que era quem realmente administrava, começou a olhar e fazer alterações no documento que os conselheiros deram à ele.

Do meu lado, o Cavaleiro da Tempestade já tinha dado sua piscada a todas as mulheres no salão de audiências, e estava começando de novo.

“…Apesar de viver em circunstancias tão trágicas e dolorosas, os cidadãos continuam portando um profundo respeito pelo rei com seus corações patriotas, oferecendo o pagamento completo de seus próximos impostos. Seus gestos são nobres, e sacrificantes! Atos nobres e sacrificantes devem ser recompensados adequadamente, Vossa Majestade. Mesmo que aumentar as taxas seja um ato necessário, você devia, em consideração aos cidadãos nobres e sacrificantes, retribuir suas boas vontades; apenas assim o princípio de compaixão do Deus da Luz será apoiado.”

Estou tão tocado! Eu finalmente alcancei o ponto principal – isso mesmo, cortar os impostos! Estúpido porco gordo, as colheitas já estão tão pequenas e você ainda adiciona mais um imposto retardado. Você esta tentando forçar os civis a se revoltarem contra você?!

“O que?” O rei estava de repente amplamente acordado e bateu na mesa com uma de suas mãos rechonchudas enquanto berrava, “Se nós não aumentarmos os impostos, de onde o dinheiro para a expansão do palácio vai vir?!”

Nããããão… Não me force a ter que falar de novo! Eu pensei, agonizado.

“Vossa Majestade.” De maneira casual, o Cavaleiro da Tempestade comentou, “Vinte por cento das colheitas é a quantidade aceitada em todos os reinos desse continente. Se você insistir em fazer do seu jeito e aumentar os impostos, a Igreja do Deus da Luz não irá mais prover nenhuma assistência que seja caso alguma situação problemática apareça.”

Uma simples e direta ameaça, Tempestade, bem dito! Eu estou tããão agradecido a você! Eu pensei. No entanto na superfície, eu ainda o repreendi severamente, “Tempestade, como você pode falar de tal maneira à Sua Majestade, o rei? Isso vai contra o princípio do Deus da Luz de não falar frivolamente.”

Tempestade encolheu os ombros. Teoricamente, ele deve obedecer a ordens dadas por mim, o líder dos Doze Cavaleiros Sagrados, então ele não falou mais, mas o que não deveria ser dito já o tinha sido, então ficar em silêncio não faria muita diferença.

Exceto que, claro, não era realmente uma grande coisa já que como todo o continente sabe, o desprezo do Cavaleiro da Tempestade pelas regras e formalidades era uma parte de sua descontraída personalidade, então ninguém realmente iria usar isso contra ele.

“Isso é uma ameaça!” o rei exclamou, tremendo de fúria.

“Oh! Sua Majestade,” Eu me apressei para explicar, “Por favor, não entenda errado, o Deus da Luz nunca usaria um método tão sujo como ameaçar alguém…”

…Mas a Igreja do Deus da Luz usaria.

“Nós apenas carregamos conosco tais sentimentos de tristeza e compaixão, e simplesmente não conseguimos suportar ver as pessoas em apuros…”

Seu maldito balde de banha! Não me beneficiaria o mínimo se as pessoas escolhessem se revoltar contra você! A Igreja especialmente tem pouco a ganhar, já que não ganha muita renda através de impostos e ainda precisa mandar tropas para suprimir as revoltas! Encare os fatos e retire o decreto de aumentar os impostos, nós vamos assistir enquanto você é cortado e tornado em carne moída para recheio de torta, e depois ajudaremos o príncipe herdeiro ascender ao trono!

“Príncipe, heh, o Papa me contou da última vez que ele admira você. Me pergunto quando nós poderemos te chamar de “Vossa Majestade?” O Cavaleiro da Tempestade perguntou atrevidamente, olhando para o príncipe herdeiro.

“Nós recebemos os desejos de bem estar do Papa com a mais elevada gratidão,” respondeu o príncipe com grande cortesia.

Hahaha! Tempestade, você é o melhor! Outra simples, mas eficaz, ameaça àquele porco gordo!

Rei, eu pensei, se você não rescindir o decreto de aumentar os impostos, então nós vamos simplesmente te forçar a se abdicar como rei! Afinal, você não ousaria se mover contra seu capaz filho mais velho.

A face do rei estava certamente cinza como fuligem, e depois de hesitar por um longo tempo, ele finalmente deu um fraco aceno com sua mão e disse, “Já que a colheita está pobre, nós devemos desacelerar a expansão do palácio e não aumentar os impostos.”

Muito bom! Eu posso finalmente relatar de volta para o Templo Sagrado. Não tem nem de longe tantas pessoas no Templo que pensariam em me forçar a falar! Eu posso finalmente voltar a ser o silencioso Cavaleiro do Sol!

“Entretanto, Cavaleiro do Sol, já que você raramente vem para o palácio, nós devemos banquetear essa noite para limpar você da poeira de suas viagens. Você deve certificar-se de tomar umas rodadas de bebida comigo, do contrário eu poderia me ofender!” Enquanto falava, o rei sorria tão amplamente que seus pequenos olhos de porco foram amassados ao ponto de praticamente fecharem.

Escutando isso, Tempestade me lançou um olhar preocupado.

Como todo o continente sabe, o Cavaleiro do Sol nem toca em uma gota de bebida. Um copo, e sua cara fica vermelha; dois copos, e sua cabeça começa a doer; e terminando o terceiro copo, ele vai tombar, inconsciente.

Eu dei um fraco sorriso e pareci meio perturbado, mas naturalmente era apenas fachada para o rei ver. Depois de ter sido ameaçado duas vezes seguidas, se não fosse permitido ao rei um mínimo de senso de realização, ele provavelmente causaria problemas para a Igreja no futuro e isso seria… ruim.

“Sol2… vai fazer seu melhor,” Eu respondi formalmente, e fiz um show de aquiescência para a vontade do rei enquanto ajoelhava em um joelho com uma fingida aparência de desamparo.

< 2- Sol não tem problemas de personalidade e não está tentando se passar por uma garotinha adorável de anime. Ele usa uma forma formal de falar de si mesmo na terceira pessoa que era comum na China antiga.>

“Hahaha! homens! Se apressem e preparem um banquete, e tragam o melhor e mais forte vinho que houver!”

Enquanto o rei ordenou seus servos arrogantemente para fazer as preparações, o príncipe herdeiro me deu um olhar de desculpas. Afinal, foi ele que secretamente contatou a Igreja e pediu para que intervíssemos quando ele percebeu que não conseguiria prevenir o rei de aumentar os impostos.

Mesmo que Tempestade ainda estivesse piscando para as senhoras presentes, agora ele me lançava olhares preocupados de tempos em tempos também.

O que tem para se preocupar? Deixe eu esclarecer as coisas: eu sou um bebedor invencível!

Isso mesmo, eu, o Cavaleiro do Sol que supostamente não consegue tomar mais de três copos de vinho, sou na realidade o diabo do maior bebedor3 da história!

< 3- Na tradução do PR!

Drink fiend: What Sun calls himself here is closer to being “someone who will not fall unconscious even after a thousand drinks”. It implies that he has a very, very high tolerance for liquor.

Literalmente um “demônio bebedor”. Adaptando (bem) livremente: um diabo de um bebedor, usando diabo como palavra de ênfase.>

Pensei no passado, quando meu professor me mostrou um segredo, uma misteriosa adega no porão…

————————————————————————–

“Criança, sua lição de hoje é beber vinho.”

“Quê? Mas professor, o Cavaleiro do Sol não tem uma baixa tolerância à bebida?”

“O Cavaleiro do Sol sempre perdoa os outros, mas você já perdoou alguém de verdade?”

“Não.”

“O Cavaleiro do Sol sempre mantém um sorriso, mas quantas vezes você já sorriu de verdade do fundo de seu coração?”

“Apenas algumas vezes…”

“O Cavaleiro do Sol é um benevolente porta-voz, mas você é realmente benevolente?”

“…”

“Criança, se você tem uma baixa tolerância a bebidas, então como você vai fazer para ter certeza que depois de beber, você ainda vai conseguir manter sua imagem de Cavaleiro do Sol de uma pessoa que fica vermelha no primeiro copo, tem dor de cabeça no segundo, e desmaia depois do terceiro?”

“Então veja, a ideia de que o Cavaleiro do Sol tem baixa tolerância à bebida na verdade é fundada na premissa de que o Cavaleiro do Sol não consegue ser vencido pela bebida.”

Esse argumento pode soar realmente sensato, mas quando você pensa nele direito, parece cheio de contradições também!

“Beba, criança. Você tem que beber vinho todas as noites pelo próximo mês, até que você consiga beber vinho como se fosse apenas água.”

“…”

No ano que fiz doze anos, eu me tornei uma pessoa que poderia beber vinho tão facilmente quanto água, um bebedor invencível, tudo para manter a imagem do Cavaleiro do Sol de ser bebedor peso-leve.

————————————————————————–

De volta ao presente, a dez minutos do início do banquete daquela noite, com o rei forçando me bebidas, eu “perdi a consciência” depois do terceiro copo de vinho.

Muito bom! Posso finalmente retornar ao meu quarto e dormir.

Tempestade é realmente lamentável, no entanto. Com o objetivo de manter sua imagem de Cavaleiro da Tempestade, ele continua lá atendendo ao baile e piscando para todas as senhoras. Pelo número de mulheres nobres presentes… ele não voltaria para dormir antes da meia-noite, quando seus músculos faciais estivessem paralisados de tantas piscadas.

[A Lenda do Cavaleiro do Sol Volume 1 Capítulo 1 Fim]

A Lenda do Cavaleiro do Sol V1 Prólogo: “Sobre religiões”

A Lenda do Cavaleiro do Sol Volume 1: Uma Introdução a Teoria dos Cavaleiros

Novela original em chinês por:  御我 (Yu Wo).

Prólogo:  Sobre Religiões . — Revisado

 

Esse é um continente cheio de religiões.

Nesse continente, “Deus” não é uma entidade inconsistente, duvidosa ou apenas um nome que usam quando estão gritando por ajuda. Deuses são reais, e vários deles existem.

Alguns deuses são extremamente fracos. Claro, quando a gente diz “fraco”, a gente quer dizer relacionado aos padrões de um deus. Outros deuses são excessivamente fortes. Como a força de um deus é deriva em grande parte da crença de seus seguidores, o número de seguidores é um fator crucial para determinar quão forte ou fraco o deus é.

Desse jeito, os deuses às vezes lembram gângsteres lutando sobre um território enquanto desesperadamente tentam expandir a influência de suas próprias religiões.

No entanto, se com o intuito de expandir a influência de suas religiões, os deuses usassem seus poderes sem cuidado e acabassem entrando em conflito com outros deuses, não demoraria muito para que o continente inteiro desaparecesse completamente de existência.

Com o objetivo de evitar tal situação, os deuses mais poderosos entre eles estabeleceram “O Contrato dos Deuses”. Todos os deuses estariam assim proibidos de usar diretamente seus poderes divinos no continente. Suas únicas opções seriam investir seu poder em alguns de seus seguidores, que carregariam o poder em seu lugar.

Desse jeito, a multidão de religiões começou a florescer.

Uma das crenças mais conhecidas de todas é a do Deus da Luz, sobre a jurisdição da Igreja do Deus da Luz. Mesmo a Igreja do Deus da Luz não sendo mais tão famosa e influente como costumava devido a crescente influência do Deus da Guerra e o Deus da Sombra, continua sendo como falam: um camelo morto ainda é maior que um cavalo. Desse jeito, mesmo não sendo tão ampla como antes, e mesmo o número de crentes diminuindo a cada ano que se passa, dez a cada dez pessoas continuam nomeando a religião da Luz quando perguntadas pela crença mais velha e tradicional de todas.

Todos sabem que o aspecto mais conhecido da religião da Luz são os Doze Cavaleiros Sagrados, com suas posições passadas pelas gerações.

O mais famoso de todos eles, o que todos conhecem – sendo um seguidor do Deus da Luz ou uma criança de três anos – é o que chamam do homem mais perto da perfeição, o Cavaleiro do Sol.

O Cavaleiro do Sol é o líder de todos os Doze Cavaleiros Sagrados, o porta-voz do Deus da Luz, e ele sempre usa um sorriso gentil tão incandescente como o sol. Ele tem um coração compassivo, acredita que todos os seres humanos são inerentemente bons, e ele nunca desistiria de qualquer alma humana.

Mais do que qualquer outro Cavaleiro do Sol, o Cavaleiro do Sol da trogésima oitava geração é amplamente conhecido por ser o epítome da perfeição. Foi até falado que ele foi a encarnação do próprio Deus da Luz e seus feitos requerem cinco grandes epopeias para serem inteiramente narrados.

Ele despachou o Cavaleiro da Morte de volta para o abismo e derrotou o malevolente Lich imortal. Sem esquecer que ele também matou dragões, resgatou princesas, e destruiu o grandioso Rei Demônio.

Isso mesmo! Esse livro é sobre o trigésimo oitavo Cavaleiro do Sol.

A partir daqui, testemunharemos seus nobres feitos juntos. Tudo começou com a primeira conversa entre o ainda jovem trigésimo oitavo Cavaleiro do Sol com seu grande professor, o trigésimo sétimo Cavaleiro do Sol…

 

—————————————————-

 

“Criança, a partir desse dia você é o sucessor da posição de Cavaleiro do Sol. Enquanto você ficar firme na face do sofrimento, cresçer em coragem a cada desafio que encontrar, e defender sua honra de cavaleiro não importando que dificuldade ou tentação você encontrar, você vai receber de minhas mãos o título de Cavaleiro do Sol no dia que atingir a idade.”

“Professor, posso retirar minha decisão?”

“Não!”

“Por quê?”

“Por que eu esqueci de escolher um Cavaleiro do Sol substituto.”

“…”

 

[A Lenda do Cavaleiro do Sol Volume 1 Fim do Prólogo]