A Lenda do Cavaleiro do Sol V1C1: “Mantenha seu sorriso o tempo todo”

A Lenda do Cavaleiro do Sol Volume 1: Uma Introdução a Teoria dos Cavaleiros

Novela original em chinês por: 御我 (Yu Wo)

——————————————————————————————————————–

Primeira regra do Cavaleiro do Sol: “Mantenha Seu Sorriso o Tempo Todo” — Revisado

Eu sou um cavaleiro. Para ser preciso, eu sou o Cavaleiro do Sol da Igreja do Deus da Luz.

A Igreja do Deus da Luz venera e serve o Deus da Luz, e é uma das três maiores religiões neste continente. Mas mesmo sendo classificada a terceira em termos de tamanho, se falarmos em termos de história, então não há nenhuma outra organização religiosa que consiga se comparar com a Igreja do Deus da Luz.

Como todos sabem, a Igreja do Deus da Luz consiste no Templo Sagrado e no Santuário da Luz, que são organizados em moldes militares e clericais, respectivamente.

Naturalmente, eu sou um cavaleiro do Templo Sagrado, em que doze capitães dos cavaleiros sagrados fazem parte, no qual suas posições são passadas através das gerações. Desde a antiguidade, cada capitão dos cavaleiros sagrados tem comandado uma companhia de cavaleiros. Por exemplo, eu sou o Cavaleiro do Sol, então eu devia comandar a Companhia do Cavaleiro do Sol.

Porém, as chances de estourar uma guerra são extremamente baixas durante esses tempos pacíficos. Sem guerra, as companhias dos cavaleiros não podem se mobilizar; se as companhias dos cavaleiros não podem se mobilizar, elas não podem roubar, ou saquear sob a cobertura do caos da guerra…! Em todo caso, no momento atual o Templo Sagrado está incapaz de custear as despesas para doze companhias de cavaleiros. Então, eles decidiram em simplesmente juntar todos os cavaleiros e formar a Companhia do Templo Sagrado, que pode ser dividida em doze pelotões. O pelotão que se reporta a mim é, obviamente, o Pelotão do Cavaleiro do Sol.

A original Companhia do Cavaleiro do Sol pode ter diminuído para o Pelotão do Cavaleiro do Sol, mas para todos os capitães dos Cavaleiros Sagrados, essa mudança tem o menor impacto em mim. Isso é porque como líder dos Doze Cavaleiros Sagrados, eu naturalmente sou o comandante da Companhia do Templo da Luz inteira. Enquanto eu sou o comandante da companhia, quem liga se é a Companhia do Cavaleiro do Sol ou a Companhia do Templo da Luz, certo?

Então, quem são os doze capitães dos cavaleiros sagrados?

Wow, melhor eu apresentar eles devagar para você. Se eu simplesmente jogar uma lista de nomes, dez a cada dez pessoas não conseguiriam lembrar quem são os capitães.

Vamos começar dando uma olhada nesse companheiro andando ao meu lado. Está certo; eu estou falando sobre o cara com o cabelo longo e azul que está ocupado dando piscadas flerteis para todas as senhoras próximas. É ele, o Cavaleiro da Tempestade.

Cada Cavaleiro Sagrado tem a sua própria personalidade esperada – isso mesmo, você ouviu direito, personalidade “esperada”.

Por exemplo, o Cavaleiro do Sol nasce para ser o benevolente porta-voz do Deus da Luz.

Isso mesmo; eu sou o benevolente porta-voz do Deus da Luz.

Sendo ele, não importa as circunstancias, eu devo sorrir um sorriso tão incandescente quanto o sol. Mesmo se a pessoa que estou prestes a encontrar é o que chamam de o monarca mais desagradável de todos os cinco reinos do continente, aquele porco gordo do rei que reina sobre o Reino do Som Esquecido, eu devo continuar sorrindo como se eu estivesse prestes a encontrar uma tremenda gata.

Me forçar a tratar um porco gordo como uma tremenda gata – ah, irmão, certamente você entende o nível de dificuldade disso, não?

“O benevolente Deus da Luz perdoará seus pecados.”

Essa sentença é uma que eu tenho que falar mais de cem vezes por dia, e ainda preciso usar meu sorriso mais perfeito enquanto a digo. Essa é a vida do Cavaleiro do Sol, ter que eternamente sorrir e perdoar os outros.

Isso é porque, como o continente inteiro sabe, o Cavaleiro do Sol é o benevolente porta-voz do Deus da Luz e ele nunca vai desistir da redenção de qualquer indivíduo!

Então, mesmo eu realmente querendo matar aquele porco gordo do rei com um único golpe da minha espada e fazer aquele maldito velho que se recusa a morrer se apressar e passar logo o trono para o seu muito mais agradável filho, eu não posso. Eu posso apenas continuar usando um sorriso brilhante, andar até lá, e fazer meu melhor para persuadir aquele porco gordo do rei a parar de coletar mais impostos.

Ah, mas estamos saindo do tópico.

Voltando para o que eu estava dizendo, do mesmo jeito que o Cavaleiro do Sol é o benevolente porta-voz do Deus da Luz, o Cavaleiro da Tempestade é o cavaleiro-representante da “liberdade”. Sendo assim, ele é “despreocupado” e um “malandro sedutor1”.

< 1- A tradução do PR! Diz:

A footloose charmer: The description for the Storm Knight here means a man, such as a wandering hero, who is both extremely attractive to women and not tied down to particular responsibilities.

Uma tradução literal seria “um sedutor desembaraçado”. Uma um pouco mais livre “um sedutor incorrigível”. Mas a verdade é que “um herói que vaga, que é atraente para as mulheres e não está preso a responsabilidades” se encaixa razoavelmente com a figura literária do malandro, então acho que deveríamos usar isso.>

Contanto que seja uma reunião que ele possa evitar, ele vai evitá-la!

Contanto que uma mulher tenha a aparência melhor que a de um dragão, ele vai flertar com ela.

Contanto que alguma coisa tenha a menor conexão com “liberdade”, ele vai se envolver. Por exemplo, se tiver uma revolução em algum lugar, ele deve no mínimo ir lá e dar um discurso estimulante. Ele às vezes seria incapaz de partir depois do discurso e acabaria sendo forçado a liderar um grupo de rebeldes ou outro.

No entanto, o que é mais misterioso é que mesmo se ele faltar a uma reunião do Templo da Luz, ele ainda sabe exatamente o que foi discutido durante ela e até consegue completar todo o trabalho atribuído a ele. (Às vezes ele tem uma quantidade de trabalho especialmente grande. É inevitável; quem pediu para ele não ir na reunião? Claro que tiraríamos vantagem de sua ausência e para empurrar todo o trabalho para ele!) Ele até saberia se a próxima reunião não poderia absolutamente ser evitada, nesse caso ele apareceria na hora certa para o trabalho.

Isso quer dizer que, apesar de ser chamado de “despreocupado” Cavaleiro da Tempestade, e na superfície poder faltar às reuniões, você ainda tem que completar os relatórios que te foram designados!

E, sobre a parte de ser um “malandro sedutor”… No caminho para cá, não importa se eram princesas, senhoras, servas, ou matronais donas-de-casa armadas com desentupidores, ele ainda daria piscadas flerteis as mulheres que encontrássemos e sempre teria um sorriso brincalhão em seus lábios.

No entanto, eu sempre suspeitei que esse cara ainda seja, na verdade, um inocente virgem. Afinal, apesar de sua reputação de “malandro sedutor”, em todos esses anos que o conheço, eu nunca vi nenhuma uma vez uma mulher grávida ir até ele exigindo que assumisse responsabilidade.

Aquele sorriso pernicioso dele é provavelmente falso, do mesmo jeito que aquela cabeça de cabelos azuis.

Isso mesmo; aquele cara tem cabelo pintado!

Por quê?

Como todo continente sabe, o Cavaleiro da Tempestade tem cabelo azul!

Eu não sei se o primeiro Cavaleiro da Tempestade realmente tinha cabelo azul ou se ele apenas queria parecer legal então pintou seu cabelo de azul. Em todo caso, isso causou um inferno de problemas para as subsequentes gerações de Cavaleiros da Tempestade. Afinal, tem realmente tantas crianças assim com cabelo azul para serem encontradas?

Obviamente não tem nenhuma!

Então, todos os subsequentes Cavaleiros da Tempestade tiveram que pintar o cabelo de azul pelo resto de suas vidas. A causa da morte de oito a cada dez deles é falha do rim de tanto pintar o cabelo… Suspiro! Eu vou apenas guardar um momento de silêncio por você, Tempestade.

“Você falou algo para mim, Sol?” Do meu lado, o Cavaleiro da Tempestade levantou sua sobrancelha. A expressão na sua face parecia estar me dizendo para não o interromper enquanto estava ocupado mandando flertes para as mulheres.

“Eu não comuniquei, de fato, nenhuma palavra para você, Irmão Tempestade. Talvez você tenha ouvido um gentil murmúrio do benevolente Deus da Luz,” Eu respondi com um sorriso plácido.

Um olhar pesaroso disparou através da face de Tempestade. Eu acho que ele realmente não consegue aguentar o meu jeito de falar, porque nem eu realmente consigo também. No entanto, eu não tenho escolha a não ser falar dessa maneira, do mesmo jeito que Tempestade não tem escolha a não ser dar a todas as mulheres piscadas flerteis, mesmo ela sendo não menos horrível que um dragão.

Já eu, eu não tenho escolha a não ser de algum jeito ligar toda sentença com o Deus da Luz, mesmo que a conversa tenha a ver com como a privada está entupida – nesse caso, sem dúvida, a privada deve ter sido entupida de acordo com a vontade do Deus da Luz.

Consequentemente, eu não gosto de conversar. Afinal, ninguém fez uma regra que o Cavaleiro do Sol deve ser afeiçoado a conversas.

(Glorificado seja o Deus da Luz; por sorte o primeiro Cavaleiro do Sol não deixou para trás uma impressão de um indivíduo falador.)

Voltando ao tópico do cabelo, do mesmo jeito em que o Cavaleiro da Tempestade tem cabelo azul, eu, o Cavaleiro do Sol, tenho que ter o cabelo dourado e olhos azuis.

Foi precisamente por causa da minha cabeça de cabelos dourados que durante a competição da seleção dos Doze Cavaleiros Sagrados eu consegui derrotar outro garoto cuja cor do cabelo era mais para marrom mas tinha três vezes a minha habilidade com a espada.

Naquele tempo, meu professor – Isso é, o Cavaleiro do Sol anterior – quase parecia ter um olhar de coração partido enquanto anunciava que eu tinha ganhado a seleção.

Seu olhar manteve-se naquele garoto de cabelo marrom o tempo todo.

Felizmente, mesmo meu manejo com a espada sendo nada perto do nível daquele garoto prodígio, eu podia ser considerado como tendo marcantes talentos em outras áreas, o que confortou meu professor um pouco.

No entanto, de vez em quando, eu ouvia meu professor conversando com um investigador particular, falando, “Você já conseguiu encontrar o garoto de cabelo marrom? Eu já comprei a tinta de cabelo daquele mago…”

————————————————————————-

Depois de andar por mais de dez minutos por um corredor ridiculamente longo que foi um completo desperdício do dinheiro dos impostos, nós finalmente chegamos ao salão de audiências. Como eu disse, nosso propósito para vir ver o rei dessa vez é para convencê-lo a reduzir os impostos… mesmo eu sentindo que já seria por si só um sucesso se eu conseguisse o persuadir a não aumenta-los ainda mais.

“Saudações. Eu sou o Cavaleiro do Sol da Igreja do Deus da Luz. Pela benevolência do Deus da Luz, eu venho em busca de uma audiência com Sua Majestade, o rei, para espalhar a mensagem do amor do Deus da Luz,” Eu falei serenamente para o guarda, sorrindo.

O guarda tinha um olhar ansioso, e ele me contemplou reverentemente um momento antes de virar para transmitir a mensagem de nossa chegada. Em um momento, a porta para o salão de audiências estava se abrindo devagar.

Eu mandei rapidamente ao guarda um sorriso perfeito de agradecimento, e pareceu que ele estava tão comovido que estava à beira das lágrimas. Vendo as pequenas estrelas brilhando em seus olhos, eu pensei, “ha, parece que o número de nomes na lista de membros do meu fã clube acabou de aumentar em um.”

A expressão do guarda era de espanto à inesperada bondade, enquanto mal podia acreditar que eu mostraria tanta cortesia até para um humilde guarda. A verdade seja dita, no entanto, que era apenas ele pensando demais sobre isso. Não importa se é uma audiência com o rei ou um mendigo no canto da rua, sempre haverá o sorriso perfeito do Cavaleiro do Sol na minha cara, porque eu sou um cavaleiro.

Sim, um cavaleiro – o Cavaleiro do Sol com um sorriso eternamente radiante.

————————————————————————–

Nós entramos no grandioso salão de audiências e, com certeza, aquela maldita banheira de banha de porco ainda estava sentanda no trono e ele estava ainda mais gordo do que da ultima vez que o vi! Ele estava praticamente tão largo quanto três guerreiros pesados. Meu deus, eu pensei, como que ele ainda não morreu de ataque cardíaco ou por outra doença causada pela obesidade?

Com um sorriso perfeito, eu me ajoelhei em um joelho, resistindo o impulso ao vomitar devido a visão dos excessivamente grandes rolos de gordura. Suavemente eu peguei uma das mãos flácidas do rei e rapidamente a beijei na parte de trás antes de levantar a minha cabeça. Ainda sorrindo, eu falei, “Vossa Majestade, o Cavaleiro do Sol da Igreja do Deus da Luz transmite a benevolência do Deus da Luz a você.”

“Chega, chega! Você sempre fala ‘transmitir benevolência’, mas no final você sempre acaba vindo para me causar problemas!” Aquele porco gordo do rei acenou sua mão de um jeito brusco e desdenhoso.

Se você não fosse quem causasse os problemas primeiro, você acha que eu iria querer vir apenas para ver o quão mais flácido você ficou?

Com o meu mais inocente e sincero sorriso, eu me adiantei para explicar, falando, “Sua Majestade, a benevolência do Deus da Luz se espalha através do continente com objetivo de ajudar as massas a entender seus ensinamentos de justiça e compaixão; seu propósito nunca foi criar problemas para você, majestade. Eu estou verdadeiramente triste com tal mal-entendido e eu espero que você me garanta a oportunidade de resolver essa confusão.”

“JÁ CHEGA!” Exaustão apareceu na cara do rei enquanto ouvia o meu discurso, e ele falou, negligente, “Se apresse e fale logo; por quê exatamente você está aqui dessa vez?”

“Eu estou muito agradecido por essa oportunidade de retificar esse mal-entendido e tocado pela graciosidade e compaixão de Sua Majestade,” Eu falei, e fiquei de pé, de uma maneira perfeitamente cortês. Por dentro, eu tomei um longo fôlego antes de lançar meu discurso, que até eu mesmo achei ser insuportavelmente longo.

“Desde os tempos anciãos a benevolência e o amor universal do Deus da Luz cobrem este continente, e cada um e todos os habitantes deste continente são seus queridos filhos. Há algum pai sob este céu que não zela pelo bem-estar de suas crianças? Assim como não existem tais pais, então o Deus da Luz com certeza deve desejar que cada cidadão neste continente viva suas próprias vidas em liberdade. No entanto, mesmo o Deus da Luz sendo um deus onipotente, ele não deve quebrar o contrato que proíbe os deuses de se aproximarem do reino dos mortais. Então, ele confiou a Igreja do Deus da Luz com a tarefa de espalhar sua filosofia de amor piedoso e confiou suas mais amadas crianças ao divinamente nomeado governante deste continente…”

O rei deu um enorme bocejo, sem pensar nos meus sentimentos nem um pouco.

“…Porém, por anos consecutivos, a pobre colheita causou seu amado povo a escorregar para uma vida de incertezas e pobreza. Eu sou apenas um modesto Cavaleiro do Sol e não posso penetrar nos pensamentos do Deus da Luz, mas mesmo eu posso entender isso: como poderia o Deus da Luz possivelmente permitir suas crianças suportar tal sofrimento? Quando a vida de seu povo é difícil – oh, céus! Que tristeza o Deus da Luz deve sentir. Sua tristeza, por sua vez, me leva, o Cavaleiro do Sol, a sentir tal culpa, ao pensar que eu tenha então falhado na tarefa que o Deus da Luz confiou a mim, por ter deixado que a vida de suas crianças se tornasse tão perigosa…”

O rei começou a murmurar. Do seu lado, seus dois conselheiros lhe trouxeram documentos e estavam consultando o príncipe herdeiro sentado ali perto.. o último, que era quem realmente administrava, começou a olhar e fazer alterações no documento que os conselheiros deram à ele.

Do meu lado, o Cavaleiro da Tempestade já tinha dado sua piscada a todas as mulheres no salão de audiências, e estava começando de novo.

“…Apesar de viver em circunstancias tão trágicas e dolorosas, os cidadãos continuam portando um profundo respeito pelo rei com seus corações patriotas, oferecendo o pagamento completo de seus próximos impostos. Seus gestos são nobres, e sacrificantes! Atos nobres e sacrificantes devem ser recompensados adequadamente, Vossa Majestade. Mesmo que aumentar as taxas seja um ato necessário, você devia, em consideração aos cidadãos nobres e sacrificantes, retribuir suas boas vontades; apenas assim o princípio de compaixão do Deus da Luz será apoiado.”

Estou tão tocado! Eu finalmente alcancei o ponto principal – isso mesmo, cortar os impostos! Estúpido porco gordo, as colheitas já estão tão pequenas e você ainda adiciona mais um imposto retardado. Você esta tentando forçar os civis a se revoltarem contra você?!

“O que?” O rei estava de repente amplamente acordado e bateu na mesa com uma de suas mãos rechonchudas enquanto berrava, “Se nós não aumentarmos os impostos, de onde o dinheiro para a expansão do palácio vai vir?!”

Nããããão… Não me force a ter que falar de novo! Eu pensei, agonizado.

“Vossa Majestade.” De maneira casual, o Cavaleiro da Tempestade comentou, “Vinte por cento das colheitas é a quantidade aceitada em todos os reinos desse continente. Se você insistir em fazer do seu jeito e aumentar os impostos, a Igreja do Deus da Luz não irá mais prover nenhuma assistência que seja caso alguma situação problemática apareça.”

Uma simples e direta ameaça, Tempestade, bem dito! Eu estou tããão agradecido a você! Eu pensei. No entanto na superfície, eu ainda o repreendi severamente, “Tempestade, como você pode falar de tal maneira à Sua Majestade, o rei? Isso vai contra o princípio do Deus da Luz de não falar frivolamente.”

Tempestade encolheu os ombros. Teoricamente, ele deve obedecer a ordens dadas por mim, o líder dos Doze Cavaleiros Sagrados, então ele não falou mais, mas o que não deveria ser dito já o tinha sido, então ficar em silêncio não faria muita diferença.

Exceto que, claro, não era realmente uma grande coisa já que como todo o continente sabe, o desprezo do Cavaleiro da Tempestade pelas regras e formalidades era uma parte de sua descontraída personalidade, então ninguém realmente iria usar isso contra ele.

“Isso é uma ameaça!” o rei exclamou, tremendo de fúria.

“Oh! Sua Majestade,” Eu me apressei para explicar, “Por favor, não entenda errado, o Deus da Luz nunca usaria um método tão sujo como ameaçar alguém…”

…Mas a Igreja do Deus da Luz usaria.

“Nós apenas carregamos conosco tais sentimentos de tristeza e compaixão, e simplesmente não conseguimos suportar ver as pessoas em apuros…”

Seu maldito balde de banha! Não me beneficiaria o mínimo se as pessoas escolhessem se revoltar contra você! A Igreja especialmente tem pouco a ganhar, já que não ganha muita renda através de impostos e ainda precisa mandar tropas para suprimir as revoltas! Encare os fatos e retire o decreto de aumentar os impostos, nós vamos assistir enquanto você é cortado e tornado em carne moída para recheio de torta, e depois ajudaremos o príncipe herdeiro ascender ao trono!

“Príncipe, heh, o Papa me contou da última vez que ele admira você. Me pergunto quando nós poderemos te chamar de “Vossa Majestade?” O Cavaleiro da Tempestade perguntou atrevidamente, olhando para o príncipe herdeiro.

“Nós recebemos os desejos de bem estar do Papa com a mais elevada gratidão,” respondeu o príncipe com grande cortesia.

Hahaha! Tempestade, você é o melhor! Outra simples, mas eficaz, ameaça àquele porco gordo!

Rei, eu pensei, se você não rescindir o decreto de aumentar os impostos, então nós vamos simplesmente te forçar a se abdicar como rei! Afinal, você não ousaria se mover contra seu capaz filho mais velho.

A face do rei estava certamente cinza como fuligem, e depois de hesitar por um longo tempo, ele finalmente deu um fraco aceno com sua mão e disse, “Já que a colheita está pobre, nós devemos desacelerar a expansão do palácio e não aumentar os impostos.”

Muito bom! Eu posso finalmente relatar de volta para o Templo Sagrado. Não tem nem de longe tantas pessoas no Templo que pensariam em me forçar a falar! Eu posso finalmente voltar a ser o silencioso Cavaleiro do Sol!

“Entretanto, Cavaleiro do Sol, já que você raramente vem para o palácio, nós devemos banquetear essa noite para limpar você da poeira de suas viagens. Você deve certificar-se de tomar umas rodadas de bebida comigo, do contrário eu poderia me ofender!” Enquanto falava, o rei sorria tão amplamente que seus pequenos olhos de porco foram amassados ao ponto de praticamente fecharem.

Escutando isso, Tempestade me lançou um olhar preocupado.

Como todo o continente sabe, o Cavaleiro do Sol nem toca em uma gota de bebida. Um copo, e sua cara fica vermelha; dois copos, e sua cabeça começa a doer; e terminando o terceiro copo, ele vai tombar, inconsciente.

Eu dei um fraco sorriso e pareci meio perturbado, mas naturalmente era apenas fachada para o rei ver. Depois de ter sido ameaçado duas vezes seguidas, se não fosse permitido ao rei um mínimo de senso de realização, ele provavelmente causaria problemas para a Igreja no futuro e isso seria… ruim.

“Sol2… vai fazer seu melhor,” Eu respondi formalmente, e fiz um show de aquiescência para a vontade do rei enquanto ajoelhava em um joelho com uma fingida aparência de desamparo.

< 2- Sol não tem problemas de personalidade e não está tentando se passar por uma garotinha adorável de anime. Ele usa uma forma formal de falar de si mesmo na terceira pessoa que era comum na China antiga.>

“Hahaha! homens! Se apressem e preparem um banquete, e tragam o melhor e mais forte vinho que houver!”

Enquanto o rei ordenou seus servos arrogantemente para fazer as preparações, o príncipe herdeiro me deu um olhar de desculpas. Afinal, foi ele que secretamente contatou a Igreja e pediu para que intervíssemos quando ele percebeu que não conseguiria prevenir o rei de aumentar os impostos.

Mesmo que Tempestade ainda estivesse piscando para as senhoras presentes, agora ele me lançava olhares preocupados de tempos em tempos também.

O que tem para se preocupar? Deixe eu esclarecer as coisas: eu sou um bebedor invencível!

Isso mesmo, eu, o Cavaleiro do Sol que supostamente não consegue tomar mais de três copos de vinho, sou na realidade o diabo do maior bebedor3 da história!

< 3- Na tradução do PR!

Drink fiend: What Sun calls himself here is closer to being “someone who will not fall unconscious even after a thousand drinks”. It implies that he has a very, very high tolerance for liquor.

Literalmente um “demônio bebedor”. Adaptando (bem) livremente: um diabo de um bebedor, usando diabo como palavra de ênfase.>

Pensei no passado, quando meu professor me mostrou um segredo, uma misteriosa adega no porão…

————————————————————————–

“Criança, sua lição de hoje é beber vinho.”

“Quê? Mas professor, o Cavaleiro do Sol não tem uma baixa tolerância à bebida?”

“O Cavaleiro do Sol sempre perdoa os outros, mas você já perdoou alguém de verdade?”

“Não.”

“O Cavaleiro do Sol sempre mantém um sorriso, mas quantas vezes você já sorriu de verdade do fundo de seu coração?”

“Apenas algumas vezes…”

“O Cavaleiro do Sol é um benevolente porta-voz, mas você é realmente benevolente?”

“…”

“Criança, se você tem uma baixa tolerância a bebidas, então como você vai fazer para ter certeza que depois de beber, você ainda vai conseguir manter sua imagem de Cavaleiro do Sol de uma pessoa que fica vermelha no primeiro copo, tem dor de cabeça no segundo, e desmaia depois do terceiro?”

“Então veja, a ideia de que o Cavaleiro do Sol tem baixa tolerância à bebida na verdade é fundada na premissa de que o Cavaleiro do Sol não consegue ser vencido pela bebida.”

Esse argumento pode soar realmente sensato, mas quando você pensa nele direito, parece cheio de contradições também!

“Beba, criança. Você tem que beber vinho todas as noites pelo próximo mês, até que você consiga beber vinho como se fosse apenas água.”

“…”

No ano que fiz doze anos, eu me tornei uma pessoa que poderia beber vinho tão facilmente quanto água, um bebedor invencível, tudo para manter a imagem do Cavaleiro do Sol de ser bebedor peso-leve.

————————————————————————–

De volta ao presente, a dez minutos do início do banquete daquela noite, com o rei forçando me bebidas, eu “perdi a consciência” depois do terceiro copo de vinho.

Muito bom! Posso finalmente retornar ao meu quarto e dormir.

Tempestade é realmente lamentável, no entanto. Com o objetivo de manter sua imagem de Cavaleiro da Tempestade, ele continua lá atendendo ao baile e piscando para todas as senhoras. Pelo número de mulheres nobres presentes… ele não voltaria para dormir antes da meia-noite, quando seus músculos faciais estivessem paralisados de tantas piscadas.

[A Lenda do Cavaleiro do Sol Volume 1 Capítulo 1 Fim]

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *